Lançamento do dvd e blu-ray: ricki and the flash: de volta pra casa – crítica

Sacrifícios pelo rock

Por Sergio Batisteli

 

No palco com sua banda “Ricki and the Flash”, a roqueira Ricki Rendazzo (Meryl Streep), de “A Escolha de Sofia” (1982), “O Diabo Veste Prada” (2006), “A Dama de Ferro”(2011) canta um dos hinos da música pop americana, “American Girl” de Tom Petty, no bar noturno Salt Well em Tarzana, no estado da Califórnia. Ao final da canção, Ricki se orgulha em ser uma American Girl. Essa música anuncia ao espectador a história da mulher que está por vir: “Bem, ela era uma garota americana, cresceu em promessas. Ela não podia deixar de pensar que havia um pouco mais de vida, em algum lugar diferente. Afinal, foi um grande mundo. Com muitos lugares para correr…”

Com mais de 60 anos de idade, durante o dia Ricki trabalha como caixa de supermercado para se sustentar. No trabalho ela recebe uma ligação do ex-marido Pete (Kevin Kline), de “Os Acompanhantes” (2010), “Última Viagem a Vegas” (2013) comunicando que a filha Julie (Mamie Gummer, filha de Meryl Streep na vida real), foi abandonada pelo marido e pede para ela ir até a casa deles, a fim de apoiar Julie. Na cidade de Indianápolis e depois de décadas sem visitar a família, Ricki leva um choque ao conhecer a mansão e o luxo que vive o ex-marido com a atual esposa. Como por exemplo, uma geladeira enorme com duas portas e quatro divisões verticais.

Ricki and the Flash: De Volta Pra Casa (Ricki and the Flash, EUA – 2015) segue as características das produções dramáticas do diretor norte-americano Jonathan Demme, de “O Silêncio dos Inocentes” (1991), “Filadélfia” (1993), “O Casamento de Rachel” (2008), porém de forma bem menos densa e mais fragmentada do que essas obras anteriores.

“Ricki and the Flash” contextualiza os conflitos de separação e reencontro com a família da roqueira. Os amantes do rock and roll que estão na estrada, certamente irão se identificar com as dificuldades de sobreviver através da música e o preço desta escolha.

O longa-metragem conta com uma das maiores atrizes de todos os tempos, Meryl Streep. A atriz de 66 anos tem no currículo 19 indicações ao Oscar e ganhou três estatuetas. Aprendeu a tocar guitarra e baixo para compor sua personagem de forma completa.

Meryl já havia cantado em outros filmes, como “A Última Noite” (2006), de Robert Altman. Mas tocar, não. Aqui ela contracena com músicos profissionais, sua banda “The Flash” é formada pelo guitarrista Rick Springfield, o baterista Joe Vitale, o tecladista Bernie Worrell e o baixista Rick Rosas. A trilha sonora é o coração do filme, “Ricki and the Flash: De Volta Pra Casa” apresenta ótimas performances ao vivo.

 

Ricki and the Flash: De Volta Pra Casa

Disponível em DVD e BLU-RAY
Direção: Jonathan Demme
Gênero: Drama
País de produção: EUA
Distribuição: 20th Century Fox Home Entertainment
Duração: 101 minutos
Idiomas: Português, Inglês, Espanhol
Áudio: 5.1 – Português, 5.1 – Inglês, 5.1 – Espanhol
Preço sugerido em BLU-RAY: R$69,90
Preço sugerido em DVD: R$39,90

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *