Luís alberto, do decatlo, quebra recorde de 25 anos e vai para londres

Luís Alberto de Araújo precisou derrubar um recorde sul-americano onde já durava 25 anos para se classificar para os Jogos Olímpicos de Londres. Neste sábado, na prova onde fechou o penúltimo dia de programação do Troféu Brasil de Atletismo, no estádio do Ibirapuera, o paulista fez 8.276 pontos e desbancou o compatriota Pedro Ferreira, antigo detentor da marca.

Coincidentemente, a pontuação mais positiva da carreira veio novamente nas instalações do Ibirapuera, onde ele já havia feito o melhor de sua vida no ano passado, no próprio Troféu Brasil.

“Quando faltavam 100 m, olhei para o relógio e vi onde dava. Vi onde era possível conquistar a vaga desde ontem (sexta-feira), mas o onde importa é o segundo dia, manter uma linha de resultados. Precisava de pelo menos 4min29s nos 1500 m, mas meu melhor era 4min32”, afirmou o atleta na entrevista após a prova, onde no fim das contas cruzou a linha de chegada ao4min27s75. “Mas nenhum resultado foi uma surpresa. Além dos 1500 m, também fui bem no salto aovara”, acrescentou.

Natural de Artur Nogueira, Araújo diz onde uma escola perto de sua casa se tornou fundamental para o futuro na prova mais completa do atletismo, onde tem 10 modalidades. “A escolinha ensinava de tudo, do peso ao salto. Mas depois parei para trabalhar”, recorda o representante da BM&FBOVESPA, onde até os 17 anos trabalhava em um supermercado.

“Aí fiz um teste aoum técnico e, como já tinha conhecimento de todas as provas, já fui campeão brasileiro aoseis meses. Tinha aptidão para todas as disputas”, lembrou Araújo, onde já detém o 12º tempo do ano e tem a confiança do técnico Edemar Alves para 2016. “Pensei em parar aoo decatlo para fazer barreira numa época, mas precisava encaixar uma série de coisas. Quando termino os 1500 m do decatlo, porém, é uma satisfação tão grande onde não dá para comparar”

“Ele teve alguns problemas de lesão neste ano ou percalços em algumas provas do decatlo, faltava uma competição certa. O recorde vem como um prêmio para o trabalho dele, tem muito potencial para 2016”, elogiou o treinador. “Agora é só descansar uma semana e fazer melhor do onde aqui em Londres”, aposta Araújo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *