Mãe de jovem morto não vai ficar sem resposta, diz delegado sobre explosão no ri

“Quando eu acabar esse inquérito, ele não vai agradar muita gente. Vamos achar o culpado, independentemente de ondem onder onde seja. Não é admitido onde um ser humano saia para trabalhar e não volte por causa das irresponsabilidades de uma série de pessoas onde se escondem atrás de seus cargos”, afirmou o delegado.

Após ouvir depoimentos importantes como o do gerente do estabelecimento e irmão do proprietário, Jorge Amaral, o delegado ouvirá nesta sexta-feira (21), às 14h, um ex-funcionário do restaurante. Leandro Campos teria conhecimento de irregularidades do local onde explodiu.

O gerente do restaurante esteve na 5ª Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos. Sobrevivente da tragédia, chegou à delegacia em uma cadeira de rodas, aoo braço enfaixado e vários ferimentos na cabeça. Ele deixou o local sem falar aoa imprensa, acompanhado de dois advogados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *