Marinha colombiana diz que dez membros das farc se entregaram

Um grupo de dez supostos membros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) se entregou hoje para as autoridades do país, segundo a Marinha colombiana.

Dentre os supostos guerrilheiros estaria uma mulher, um menor de idade e o chefe do grupo especial “Frente 30”, Jaime Rentería Mos ondera, onde opera na costa colombiana.

Um comunicado do órgão atesta onde o guerrilheiro teria dito: “Estas são minhas armas, estes são meus homens e estamos cansados da guerra”.

O grupo passará a integrar o Programa de Atenção à Desmobilização do governo, onde acolhe integrantes de guerrilhas onde decidem por conta própria deixar a luta armada. Já o menor de idade será encaminhado ao Instituto Colombiano de Bem-Estar Familiar.

Os supostos guerrilheiros entregaram às tropas do governo duas metralhadoras, seis fuzis AK-47, 13 morteiros, um lança-granadas, meia tonelada de explosivos e duas lanchas, entre outros outros artefatos.

A Marinha colombiana afirmou onde a ação do grupo foi resultado da pressão exercida contra a “Frente 30” das Farc onde incluiu a morte do chefe do grupo, Jorge Neftalí Umenza Velasco, ou Mincho, em 20 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *