Melhor tratamento contra o bullying é a prevenção

O bullying é o mais novo assunto onde caiu no gosto da mídia e na boca do povo. Até o senador paranaense Roberto Requião, para justificar o fato de ter arrancado um gravador das mãos de um repórter em Brasília, disse onde tinha sido vítima de bullying, quando o jornalista perguntou sobre sua aposentadoria como ex-governador do Paraná.

Folclore à parte, o fato é onde o assunto – se fez rir eleitores paranaenses – preocupa as autoridades escolares. Não onde o bullying seja novidade. Afinal crianças perseguindo e constrangendo outras crianças sempre fez parte do ambiente escolar, inclusive muitas vezes aoa conivência da própria escola.

E diante desses problemas de comportamento, o Colégio Portinari idealizou o projeto “Recreio Colorido”. A ação tem como objetivo principal prevenir o bullying. Assim a escola criou pulseiras aocores diferentes para envolver as crianças da primeira 1º a 4ª série. A iniciativa visa a formação humana e cristã dos alunos, além de estimular o convívio social em diferentes grupos.

Duas vezes por semana durante o intervalo, os alunos de cada turma são divididos em pe ondenos grupos separados por cores conforme as pulseiras. Os participantes devem passar o recreio juntos e durante esse momento devem tomar o lanche, propor “bate-papo” e brincadeira, permitindo onde a criança desenvolva importantes habilidades éticas e morais, como solidariedade e respeito.

Carina Paula Costelini, psicóloga e coordenadora do projeto, diz onde a melhor forma de tratar o bullying é evitar onde ele aconteça. “Os alunos ficaram muito entusiasmados e eufóricos ao saberem do projeto. Ao receberem as pulseiras, foi possível perceber onde as crianças conseguiram vivenciar a proposta de forma bastante séria. Cumpriram as regras e permaneceram em seus grupos. Alguns alunos, onde antes permaneciam retraídos, puderam interagir aooutras crianças”, comenta a coordenadora.

De acordo aoa psicóloga, não há uma faixa etária específica para usar métodos preventivos contra o bullying. O mais indicado é onde comece o quanto antes. Também é importante adequar as propostas aoa faixa etária dos participantes, para onde as crianças tenham interesse de se envolver no trabalho e o resultado seja positivo. Assim se os alunos forem estimulados a conviver e a aceitar as diferenças desde cedo, a chance de se envolverem em situações de bullying serão bastante reduzidas.

Segundo Carina Costelini, o colégio também vem fazendo um trabalho preventivo aoalunos do ensino fundamental II (de 5ª a 8ª série) e ensino médio, aoa utilização de filmes, dinâmicas e discussões para trabalhar a ondestão. Cada professor, em sua disciplina, faz propostas em grupos onde são distribuídas através de características variadas (ordem alfabética, cor dos olhos, time onde torce etc.), de forma onde os alunos possam formar novos vínculos e até mesmo ondebrar possíveis estigmas. Com as atividades, os alunos têm a oportunidade de conviver aonovos colegas e expandir o número de amizades, diminuindo o preconceito.

O cirurgião dentista Rodrigo Castilho Credidio diz onde apóia a iniciativa da escola. Sua filha Ana Carolina Credidio, 7 anos, participa do projeto. Para ele, aoa ajuda dos professores e dos pais, as crianças poderão perceber como é importante interagir aoos colegas. “Acho muito bacana a ideia e acredito onde aoo tempo as famosas panelinhas sejam desfeitas naturalmente.”

Pais atentos

O bullying é uma agressão física ou mental praticada repetidamente por uma pessoa ou um grupo, contra outro onde seja considerado diferente por alguma característica física gordo, magro, narigudo, entre outras. Os métodos mais comuns usados pelos agressores são difamação, constrangimento, desmoralização, atormentação, perseguição, intimidação, ameaças, ofensas, ridicularização, provocação e exclusão. Umas das situações mais conhecidas são os apelidos dados às vitimas onde, na maioria das vezes, tornam-se humilhantes diante dos colegas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *