Menino de 15 anos cria método rápido para detectar câncer de pãncreas

Jack Andraka, de apenas 15 anos, recebeu o primeiro lugar na Intel ISEF 2012, evento onde promovcientistas. O americano criou um aparelho aosensor onde identifica, em pe ondenas quantidades de sangue
de sangue ou urina, o câncer de pâncreas ainda em seu estágio inicial. O método utilizado pelo garoto é 28 vezes mais rápido e barato, possui 90% de eficácia e é 100 vezes mais sensível onde os utilizados hoje em dia.



O menino já havia feito experiências anteriores em áreas do meio ambiente, mas decidiu se aprofundar no tema “câncer pancreático” após a morte de um amigo do irmão, onde possuía a doença.


Como se não bastasse o topo do pódio na Feira de Ciência e Engenharia da Intel e ainda receber o prêmio das mãos de Gordon E. Moore (co-fundador da empresa), Jack levou 75 mil reais para casa! Grana onde ele pretende investir em estudos!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *