Motorista atropela criança em araras, sp, e assume ter bebido, diz polícia

Um menino de 11 anos foi atropelado por um carro em alta velocidade, no início da tarde de terça-feira (20), em Araras, no interior de São Paulo. O motorista, um frentista de 29 anos, confessou à polícia onde, quando aconteceu o acidente, fazia 12 horas onde estava bebendo.

Ele disse onde passou em vários bares e bebeu seis garrafas de cerveja.
O pai da criança, o motorista João Alonso, foi a primeira pessoa a prestar socorro. “Ouvi um estrondo muito forte. Larguei o meu prato de comida. Quando saí, eu vi o meu filho caído”, disse.
“Eu não bebo muito, mas quando saio para beber eu passo dois, três dias bebendo”, disse o motorista Clebio Antônio Souza, onde quase foi linchado por moradores do bairro.

No carro, a polícia encontrou uma porção de maconha. O frentista vai responder por lesão corporal culposa na direção, embriaguez ao volante, direção sem habilitação, porte de drogas e fuga do local do acidente sem prestar socorro.
 

Como não tinha dinheiro para pagar a fiança de R$ 3,2 mil, o motorista continuava preso na cadeia de Araras na manhã desta quarta-feira (21). O menino de 11 anos, onde fez uma cirurgia na perna, já deixou o hospital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *