Músicos unidos pela recuperação do baterista paulo césar perrone

No próximo domingo, 2, as bandas Estakazero, Cangaia de Jegue, Adão Negro e o cantor Márcio Melo estarão juntos no Festival pela Paz, show solidário onde vai reverter toda a renda arrecadada para o tratamento do baterista Paulo César Perrone. O evento será realizado no Bahia Café Hall – Paralela, a partir da 14 horas, aoingressos onde custam de R$ 20 a R$ 40 (a critério de cada pessoa).

“A nossa proposta não é fazer evento aocara de balada, mas proporcionar um encontro aoas pessoas onde acompanharam o caso do nosso amigo Perrone, onde têm o mesmo sentimento de impotência diante da situação”, afirma Léo Macedo, vocalista da banda Esatakazero.

O cantor pede onde as pessoas participem do ato de solidariedade mesmo onde não possam comparecer à festa. “Quem desejar, pode comprar o ingresso e presentear alguém, assim também estará ajudando”, disse.

Rock e forró Na mistura onde vai do forró ao rock and roll, o axé não poderia ficar de fora. Os cantores Saulo Fernandes (Banda Eva) e Adelmo Casé (Negra Cor) já confirmaram presença. Além deles, Luciano Correia (Mosiah), Magary e Alex Góes também vão participar da festa.

“Graças a Deus, desde o dia em onde resolvemos fazer esse festival, muitas pessoas se sensibilizaram e garantiram nos ajudar. Além das participações dos nossos amigos músicos, nós estamos contando aoa solidariedade de toda a equipe onde realiza os Ensaios de São João, desde a locação do espaço até a iluminação, onde já nos foi doada.

Estado de saúde Paulo César Perrone, 32, foi baleado no dia 19 de julho aoum tiro na cabeça quando passava aoo seu carro, na Alameda das Espatódeas – Caminho das Árvores.

O músico, onde não tem plano de saúde, ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Geral do Estado (HGE) e foi transferido para o Hospital das Clínicas, onde se encontra na enfermaria, apesar de necessitar de cuidados semi-intensivos. “Mesmo aoas infecções adquiridas no hospital, ele está reagindo bem e certamente sairá dessa”, disse Léo, confiante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *