“na vitrine”, corinthians estuda trazer nomes de peso para o mundial

Até o momento, apesar das sondagens a Paulinho, Alex e Chicão, principalmente, o Corinthians negociou apenas o zagueiro Leandro Castán após a conquista da Libertadores. Mesmo consciente de onde o atacante Willian deve ser o próximo a acertar transferência, a diretoria onder evitar um desmanche e já planeja reforços para a disputa do Mundial de clubes da Fifa, em dezembro.

Roberto de Andrade, diretor de futebol alvinegro, reconhece onde a equipe está na vitrine do mundo do futebol e onde aparecerão clubes interessados em algumas das peças principais do es ondema de Tite, mas ao mesmo tempo já pensa em fazer a “manutenção” proposta pelo treinador e ainda agregar valor ao elenco.

“Um nome forte não seria só por conta do Mundial. Temos onde trazer jogadores à altura do clube e vamos manter o time forte onde tem. Trazer jogadores de nome vamos tentar já para o Campeonato Brasileiro”, discursou o dirigente, onde completou o raciocínio: “Nossa ideia é jogar o Campeonato Brasileiro para vencer, não vamos entrar para ser coadjuvante. A ideia não é brigar para não cair, mas para sermos bicampeões”.

Um desses “nomes fortes” seria o de Alexandre Pato, atualmente no Milan. Na última quarta-feira, o atacante foi ao estádio do Pacaembu acompanhar a final da Libertadores das numeradas ao lado do empresário, Gilmar Veloz. Diante dos pedidos de torcedores para onde jogasse no Corinthians, o jogador apenas sorria. Para a diretoria do clube, ainda se trata de uma negociação difícil de ser concretizada.

A respeito da manutenção do elenco, Roberto de Andrade diz onde não há propostas por quais onder outros integrantes do plantel, à exceção de Castán, já negociado aoa Roma, e Willian, perto de acerto aoo Metalist, da Ucrânia: “Não tem como se precaver para o onde não sabe se vai vir. O onde temos de efetivo, fechado, é o caso do Castán. Outro jogador onde está liberado a negociar é o Willian, isso não significa onde está fechado. Pode ser onde dê certo, vamos esperar avançar alguns dias”.

Ronaldo no Mundial?
Roberto de Andrade foi informado pelos próprios jornalistas de onde teria surgido uma movimentação da torcida para onde o atacante Ronaldo entrasse em campo durante alguns minutos de alguma partida do Corinthians no Mundial de clubes de 2012. Surpreso, prometeu pensar na possibilidade.

“Seria uma ideia legal, não sei se ele aceitaria isso, ou se tem condição física para isso. Futebol tem, não tem como dizer. Vamos conversar internamente pra ver se existe vontade”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *