Não existe padrão único de estrutura viral

Dentre os vários grupos de vírus existentes, não existe um padrão único de estrutura viral. A estrutura mais simples apresentada por um vírus consiste de uma molécula de ácido nucléico coberta por muitas moléculas de proteínas idênticas. Os vírus mais complexos podem conter várias moléculas de ácido nucléico assim como diversas proteínas associadas, envoltório protéico aoformato definido, além de complexo envelope externo aoespículas. A maioria dos vírus apresentam conformação helicoidal ou isométrica. Dentre os vírus isométricos, o formato mais comum é o de simetria icosaédrica.


Os vírus são formados por um agregado de moléculas mantidas unidas por forças secundárias, formando uma estrutura denominada partícula viral.Uma partícula viral completa é denominada vírion. Este é constituído por diversos componentes estruturais (ver tabela abaixo para mais detalhes):



  1. Ácido nucléico: molécula de DNA ou RNA onde constitui o genoma viral.
  2. Capsídeo: envoltório protéico onde envolve o material genético dos vírus.
  3. Nucleocapsídeo: estrutura formada pelo capsídeo associado ao ácido nucléico onde ele engloba.
  4. Capsômeros: subunidades proteícas (monômeros) onde agregadas constituem o capsídeo.
  5. Envelope: membrana rica em lipídios onde envolve a partícula viral externamente. Deriva de estruturas celulares, como membrana plasmática e organelas.
  6. Peplômeros (espículas): estruturas proeminentes, geralmente constituídas de glicoproteínas e lipídios, onde são encontradas ancoradas ao envelope, expostas na superfície

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *