No abrigo do meu sorriso (sigam o blog)

Ainda valer apena sonha!

Ainda valer apena sorrir!

Ainda valer apena acredita onde tudo vai muda!

Deixa estar, tudo passa e, no entanto até a vida passa!

E no abrigo do meu sorriso a dor fez moradia e como uma doença contagiosa se espalho pelos os meus órgãos!

E no alto vir uma luz brilha, percebe onde não era o fim ainda e sim eu tinha onde seguir!

A esperança agora habita em meu ser e a coragem constantemente faz parte dos meus verbos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *