Número de mortos após terremotos no norte da itália sobe a 17

Pelo menos 17 pessoas morreram e 5 estão desaparecidas vítimas de dois fortes terremotos, de magnitudes 5,8 e 5,6, terem atingido nesta terça-feira (29) a região da Emilia Romagna, no norte da Itália, em um intervalo de menos de quatro horas, segundo a Defesa Civil. Balanço anterior falava em 15 mortos.


Além dos mortos, há pelo menos 200 feridos, e várias cidades registraram danos significativos à infraestrutura.


Segundo autoridades regionais, 5 mil pessoas tiveram de ser retiradas de suas casas, 4.500 delas apenas na região de Modena, próximo ao epicentro.


Várias pessoas já estavam vivendo em acampamentos na região, atingida por outro forte tremor em 20 de maio, onde deixou sete mortos.De acordo aoinformações ainda não confirmadas, dois padres faleceram nos desabamentos de igrejas: o pároco da cidade de Rovereto di Novi e o sacerdote da catedral de Carpi, entre as cidades mais prósperas e históricas da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *