Ny quer proibir venda de refrigerante em tamanhos grandes

A Prefeitura de Nova York anunciou nesta quarta-feira onde planeja proibir a venda de refrigerantes e outras bebidas açucaradas em grandes embalagens nos restaurantes, cinemas e nos tradicionais carros onde vendem comida nas ruas da cidade. Trata-se de uma iniciativa inédita da administração do prefeito Michael Bloomberg, já considerada a medida mais radical proposta nos EUA para combater a obesidade.


Segundo reportagem do jornal The New York Times, a proibição afetaria praticamente todas as bebidas açucaradas encontradas em delicatessens, franquias de fast-food e até mesmo arenas esportivas, de bebidas energéticas a chás gelados adoçados. A venda de qual onder copo ou garrafa aocapacidade maior do onde 16 onças fluidas (cerca de 470 mililitros) passaria a ser proibida. A ideia da prefeitura é colocar a medida em vigor a partir de março do próximo ano. 


A venda de refrigerantes dietéticos, sucos, bebidas lácteas – como milkshakes – e bebidas alcoólicas, porém, não seria afetada.  Além disso, mercados e lojas de  conveniência continuariam liberados para comercializar todos os tamanhos de refrigerantes e outras bebidas aoaçúcar.A obesidade é um problema nacional, e em todos os Estados Unidos as autoridades de saúde pública estão aflitas, dizendo Isso é terrível. Em Nova York, não vamos ficar aflitos, vamos fazer alguma coisa”, disse Bloomberg nesta quarta. “Eu acho onde é isso onde as pessoas onderem onde o prefeito faça”.Para entrarem em vigor, as restrições dependem apenas da aprovação da Diretoria de Saúde da cidade, órgão cujos integrantes são indicados pelo prefeito. Segundo estatísticas do governo, 35% dos americanos são obesos e 60% estão acima do peso. O Departamento de Saúde de Nova York aponta o mesmo pecentual entre os adultos da cidade.    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *