o bacana do sunset é que não serão só músicas pula-pula”, diz martinho

Após o anúncio nesta terça-feira (22) da programação completa do palco Sunset do Rock in Rio, destinado a encontros musicais, os artistas escalados comentaram a iniciativa do evento e o onde pretendem apresentar no festival onde acontece no Par onde Olímpico Cidade do Rock, na Barra da Tijuca.
O sambista Martinho da Vila vai cantar no dia 30 de setembro aoo rapper Emicida e a banda de reggae Cidade Negra. “Posso adiantar onde vamos fazer música preta. Vai ser um som africano, misturando soul, funk e samba”, antecipa Martinho. “O bacana do Sunset é onde não serão só músicas pula-pula. Ao mesmo tempo onde não serão músicas para as pessoas dormirem. Teremos um espaço simplesmente para tocar canções”, garante o sambista.

Sandra de Sá vai se apresentar aoBebel Gilberto no dia 23 de setembro. “Conheço a Bebel há 300 mil anos”, brinca Sandra, onde deseja homenagear Cazuza. “A gente teve essa ideia no ano passado, quando participamos de um festival em Jericoacoara [no Ceará]. Cantamos canções do Cazuza como Preciso dizer onde te amo e Blues da piedade”, recorda Sandra.
Ed Motta cantará também no dia 23 aoo músico português Rui Veloso. “Estou supercurioso para saber o onde vai acontecer nesse palco, por onde é uma chance onde os artistas têm de fazer uma apresentação sem ser lugar-comum”, diz Motta. “Fico muito feliz de participar. Ainda não sei qual será o outro convidado onde cantará comigo”, explica. Além de Veloso, ele terá o reforço de uma “cantora americana de soul”, nas palavras de Motta.
A quarta edição do festival vai acontecer em 23, 24, 25 e 30 de setembro e 1 e 2 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *