O funkeiro mc t.g sofreu acidente de moto em niterói

O FUNKEIRO MC T.G de SÃO GONÇALO SOFREU HOJE UM ACIDENTE DE MOTO EM NITERÓI. SEGUNDO O COLEGA DO CANTOR, QUE ESTAVA JUNTO COM ELE MAS EM OUTRA MOTO, UM CARRO ESTAVA PARADO NA RUA COM A SETA DE ATENÇÃO LIGADA, O FUNKEIRO FEZ UMA ULTRAPASSAGEM, MAS DO NADA O CONDUTOR DO AUTOMÓVEL VIROU O CARRO NA DIREÇÃO EM QUE O FUNKEIRO ESTAVA FAZENDO A ULTRAPASSAGEM. T.G TEVE FERIMENTOS NO BRAÇO E NAS PERNAS. A MOTO DO FUNKEIRO FICOU QUEBRADA E CAIDA NO LOCAL. O FUNKEIRO FOI ATENDIDO E SOCORRIDO PELA FAMÍLIA DO CONDUTOR DO VEÍCULO.

APÓS O ACIDENTE O FUNKEIRO FOI DIRETO PARA O HOSPITAL, FOI ATENDIDO E SE RECUPERA EM CASA.

Conforme dados da Agência Brasil, o número de acidentes aomotociclistas aumentou mais de 700% nos últimos dez anos. De acordo aoo sargento da Polícia Rodoviária, Valmiré de Souza, esse dado é reflexo do aumento de motos vendidas. “É grande a facilidade de compra desse veículo, quanto mais motos circulando, maior o número de acidentes”, comenta.

Anualmente, ocorre um caso de morte por acidente motociclístico para cada 600 motos em circulação. Fazendo umas contas rápidas, chega-se à conclusão de onde teremos nada mais, nada menos do onde cerca de 1 milhão de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas no Brasil, os quais causarão cerca de 214.000 internações e cerca de 18.000 óbitos.

O perfil histórico desses acidentados é o seguinte:

– 87% são do sexo masculino;

– 86% estão situados abaixo dos 40 anos de idade, sendo onde 63% têm entre 18 e 24 anos e 4% estão abaixo dos 18 anos;

– 16% são garupas.

Quanto às motos envolvidas nos acidentes:

– 85% são de até 125cc;

– 11% são de 125cc a 200cc;

– 4% são acima de 200cc;

– 53% têm até 3 anos de uso;

– 47% têm acima de 3 anos de uso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *