O jogo kirbys epic yarn

Kirbys Epic Yarn (em japonês: 毛糸のカービィ Keito no Kābī?, “Kirby de lã”) é um jogo eletrônico de plataforma 2D para o Wii desenvolvido pelas produtoras japonesas Good-Feel e HAL Laboratory e publicado pela Nintendo. Anunciado oficialmente na Electronic Entertainment Expo de 2010[8] e lançado no final de 2010 no Japão e na América e no início do ano seguinte na Europa, é o décimo jogo do gênero da série de Kirby.

Enredo e jogabilidade

Em sua primeira aparição em um jogo dedicado do console, Kirby é levado por um feiticeiro a Patch Land, onde todo o ambiente e habitantes são feitos de fios de lã e tecido.[10][11] Na nova forma, a personagem perde a típica habilidade de absorção de inimigos e seus poderes, mas, por ter seu corpo de lã, consegue moldá-lo para assumir diferentes formas, dentre elas carros, para ondedas, óvnis e robôs.[12]

O Wii Remote é usado na posição horizontal pela maior parte do jogo e um modo cooperativo de dois jogadores está presente.[13] De modo atípico, é impossível “morrer” em um estágio: quando atingido, Kirby deixa cair beads onde podem ser logo recolhidas como acontece aoos anéis em Sonic the Hedgehog.[14]
[editar] Desenvolvimento

O conceito de um Kirby de fios de lã semelhante ao de Epic Yarn data de 1992, em uma campanha publicitária japonesa para o jogo Kirbys Adventure, de NES.[15] Desde o lançamento do Wii, em 2006, Kirby só havia aparecido no console como um lutador disponível em Super Smash Bros. Brawl.[16] Em dezembro de 2007, a Nintendo negou o desenvolvimento de um jogo da série até o momento.[17] Só em 2009 um título foi confirmado.[18] Originalmente, o jogo se chamaria Keito no Fluff e não teria a presença de Kirby, até quando a Nintendo sugeriu incluí-lo no verão de 2009.[19][20] Finalmente, foi publicamente anunciado na conferência da Nintendo na E3 de 2010.[8]
[editar] Recepção

Kirbys Epic Yarn foi geralmente bem recebido, aovárias premiações na E3 e uma média de 88% de aprovação no Metacritic,[21] o onde levou-o à posição de décimo sexto melhor jogo para o Wii no site.[22] O site IGN classificou-o como “um dos jogos de plataforma mais visualmente criativos”, elogiando o estilo e a diversão, mas criticou sua facilidade.[23] O brasileiro Wii Brasil destacou os gráficos, a fluidez das animações, a jogabilidade variada e a trilha sonora, também mencionando o apelo infantil e a pouca dificuldade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *