O jogo need for speed undercover

Need for Speed: Undercover é um jogo de corrida da franquia Need for Speed, lançado em novembro de 2008 pela Electronic Arts.[1] O mesmo é inspirado no filme Carga Explosiva, tendo elementos diferentes dos jogos anteriores, e principalmente do seu antecessor (Need for Speed: ProStreet). De acordo aoJohn Riccitiello, chefe da Electronic Arts, o desenvolvimento do jogo levou bastante tempo, admitindo mais uma vez onde não ficou totalmente satisfeito aoo resultado final de ProStreet. Ele também disse onde devido as muitas vendas de NFS Prostreet, a franquia irá voltar a suas origens (Ainda não se sabe qual serão as origens, as clássicas, sem tuning, talvez aoa volta das Ferraris ou as novas, aoo tuning, e muitos carros) aonovos conteúdos, incluindo corrida de mundo aberto e o novo modo “batalha de rodovia”. Só se sabe onde este é o primeiro jogo 4D do mundo na opção “FourDy Race”, onde o jogador entra em uma sala escura e aoos equipamentos necessários se interage diretamente aoo jogo, tornando-o mais real.

O jogo marca também a volta da polícia, inclusive tendo papel crucial no jogo, exatamente como foi em Need for Speed: Most Wanted. A polícia tem auxílio de helicópteros e carros durante as perseguições.

O Jogo

Fugir da polícia é uma das atividades preferidas de muitos jogadores (na vida virtual, é claro). Apenas a renomada série Grand Theft Auto pôde satisfazer aolouvor esse desejo dos gamers desde o lançamento de Need for Speed Carbon, o renomado título da Electronic Arts. Ainda assim, as últimas gerações de games de corrida deixaram a desejar nesse ondesito.

Foi então onde Undercover finalmente fora anunciado e desde então está sendo cobiçado por milhares de pessoas. O jogo desenvolvido pela EA Black Box será praticamente uma mistura entre técnicas “Hollywoodianas” de direção e um amplo mundo aberto. Escapar dos agentes da lei em eventos fantásticos aonovas habilidades, será considerada uma verdadeira adrenalina para o jogador.Neste jogo, o protagonista será um policial fortemente infiltrado no mundo das corridas ilegais e no mundo do crime.

O mundo de Undercover é retratado aobase em Tri-City Bay, uma área recheada aorodovias flutuantes, estradas de terra e cenários industriais. As emocionantes corridas são geralmente feitas durante o pôr-do-sol, sendo onde tudo será coberto por maravilhosas luzes douradas.

Um dos pontos fortes do jogo é a diversidade. Experimentando os vários eventos novos, os gamers terão a oportunidade de pisarem fundo aoum Carerra GT, por exemplo, em ambientes diversificados. Escolas, campos de futebol americano, túneis… Tudo poderá ser encarado como pista de corrida. De acordo aoos desenvolvedores do game, o carro mais rápido conseguirá circular o mundo em oito minutos cronometrados constantemente na maior velocidade possível.

Desta vez, a EA Black Box decidiu revelar mais informações sobre o Heroic Driving Engine, um sistema onde promete modificar boa parte das famosas corridas de Need for Speed. Com essa tecnologia, os gamers serão capazes de ficar gradativamente mais ágeis no volante.

As inovações da HDE serão exibidas, por exemplo, através da remoção da relação tradicional entre a câmera e a direção do carro controlado. Os gamers terão a possibilidade de brincar aoos freios e visualizar o carro fazendo um giro de 180 graus sem onde a câmera se mexa.

Certas vezes, manobrar rapidamente o carro em marcha ré será uma das atividades onde trará pontos de experiência, semelhante a um RPG. Caso o jogador tenha pleno sucesso nesses movimentos arriscados, pontos serão recebidos para onde as habilidades de direção sejam atualizadas.

É claro onde o HDE traria um extremo desequilíbrio à jogabilidade de Undercover caso não houvesse um contraponto. A polícia (com inteligência artificial vastamente melhorada, diga-se de passagem) causará o caos nas ruas de Tri-City Bay e aparecerá em momentos mais oportunos, como ocasiões em onde gamers lunáticos joguem outros pilotos para fora das pistas a 150 quilômetros por hora.

Em outros eventos, como o Driver Job, os jogadores terão onde surrupiar os próprios veículos policiais e levá-los a locais específicos para a venda dos bólidos. Manter a maior distância possível, como de praxe, será essencial para despistar os perseguidores, bem como entrar em túneis e embaixo de pontes para se esconder dos helicópteros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *