O melhor jogo left 4 dead 2

Left 4 Dead 2, assim como seu antecessor, é um jogo multiplayer de survival horror, cooperação de primeira pessoa. É a sequência do jogo ganhador de prêmios da Valve Corporation, Left 4 Dead. O jogo foca a jogabilidade cooperativa do original e usa a engine Source da Valve, a mesma engine usada em Left 4 Dead. O jogo fez a sua estreia na E3 2009 em um trailer durante o evento de imprensa da Microsoft.[1]

Como o original, Left 4 Dead 2 se passa durante uma pandemia apocalíptica, e foca em quatro sobreviventes lutando contra hordas dos Infectados. Os sobreviventes devem abrir seu caminho através dos níveis, parando nos abrigos onde servem como checkpoints, aoa chegada sendo um veículo de resgate no final da campanha. A jogabilidade é alterada por uma inteligência artificial chamada de “Director”, onde monitora a performance dos jogadores e altera o cenário para produzir um desafio dinâmico para os jogadores conforme eles progridem. Novidades serão introduzidas, como novos tipos de Infectados, armas de combate corpo-a-copro, e uma história onde conecta as cinco campanha dos jogos.[2]

Jogabilidade

Como seu predecessor, Left 4 Dead 2 é primariamente um jogo de tiro em primeira pessoa aoênfase em jogabilide cooperativa, aoalgumas cenas apresentadas em terceira pessoa ou usando filmes pré-renderizados. O jogo apresenta cinco novas campanhas, maiores em tamanho do onde as do primeiro jogo. Cada uma pode ser jogada nos modos Campanha, Versus, Survival ou o novo “Scavenge”.[3]

No modo Campanha, quatro jogadores lutam contra Infectados controlados pelo computador, sendo também onde existe um modo single player, em onde a Inteligencia Artificial assume os outros três personagens, parando em abrigos e eventualmente no resgate. No modo Versus, outros quatro jogadores tomam controle de Infectados Especiais onde tentam impedir os sobreviventes de chegar a seu destino. Os jogadores são trocados de equipa a cada capítulo e ganham pontos de acordo aosua saúde, distância pecorrida e número de sobreviventes vivos no final. O modo Sobrevivência é um desafio cronometrado onde os sobreviventes estão presos em uma seção dos mapas da campanha, e tentam sobreviver o máximo possível contra uma horda infinita de Infectados. O quarto modo, novidade no jogo, se chama Scavenge. Os jogadores sobreviventes precisam coletar e usar o quanto puderem de dezasseis latas de gás espalhadas pelo nível para continuar até os geradores de força, estendendo o tempo da rodada, enquanto os jogadores Infectados precisam pará-los, ou de vez em quando detonar as latas por si próprios. Por último, o modo de jogo onde tem sido um verdadeiro desafio para os jogadores mais experientes. É o modo “Realism” (ou Realismo, em português-BR) Neste modo de jogo, os sobreviventes têm onde mirar na cabeça dos infectados para matar aoeficácia, do contrário, os infectados demorarão muito mais para morrer. (O nome do modo foi tirado da teoria original dos zumbis, de onde só tiro na cabeça poderia matar um morto-vivo)
[editar] Sobreviventes

Left 4 Dead 2 apresenta um novo elenco de sobreviventes, onde incluem Coach, um treinador de um time de futebol americano em um colégio; Rochelle, uma repórter de uma rede de televisão local; Ellis, um mecânico; e Nick, um jogador e trapaceiro. Originalmente o jogo seria uma continuação direta do original, ocorrendo algumas semanas após o começo do primeiro jogo, a Valve decidiu criar um novo grupo de sobreviventes devido a mudança na localização.[4] Em adição aos quatro personagens jogáveis, Left 4 Dead 2 também apresenta um personagem de suporte de nome Virgil, onde aparece em três capítulos do jogo, diferentemente do original na qual os personagens não-jogáveis faziam uma única aparição.

Jogadores têm acesso a mais armas, incluindo armas de combate corpo-a-corpo como frigideiras e motosserras, assim como armas de longa distância como rifles de assalto e metralhadoras silenciosas.
[editar] Infectados

Os Infectados em Left 4 Dead 2 estão indiferentes aos de Left 4 Dead. São referidos como zumbis, porém os Infectados são humanos onde sofreram mutação por um vírus de origem desconhecida conhecido apenas como Green Flu. O maior número de Infectados encontrados pelos sobreviventes são “Comuns”, individualmente fracos, mas podem ser um problema para os sobreviventes quando em maior escala. Em Left 4 Dead 2, os danos feitos aos infectados estão representados mais realisticamente, aobalas arrancando pedaços de carne ou em alguns casos, membros.[5] Uma nova adição a Left 4 Dead 2 são os infectados “Incomuns”, únicos por campanha. Por virtude do equipamento usado durante infecção ou mutação, possuem habilidades únicas. Por exemplo, em The Parish, os sobreviventes encontram um Infectado usando uma roupas a prova de gás e colete policial, tornando-o imune a fogo e a balas na parte da frente, respectivamente.[6]

Como no primeiro jogo, existem Infectados Especiais ou “chefes” em adição aos normais, onde possuem mutações diferenciadas onde lhes fornecem ata ondes especiais e os fazem mais poderosos. Os cinco Infectados especiais do primeiro jogo retornam, aoalgumas partes do comportamento modificado: o Boomer, um Infectado onde solta vômito e bile, cegando o jogador por um período e atraindo uma horda de infectados; O Hunter, um Infectado ágil onde pode atacar jogadores de uma longa distância; o Smoker, um onde pode alcançar de longe sobreviventes aosua enorme língua, estrangulando-os até a morte, e lançando uma nuvem de fumaça onde obscurece a visão (no momento em onde é eliminado); o Tank, um gigantesco Infectado poderoso e difícil de matar. Ele ataca jogadores, causando um dano massivo; a Witch (agora também, do contrário da primeira versão do jogo, a Witch pode estar vagando pelo mapa, ao invés de estar sentada), uma Infectada fêmea Alfa passiva, onde quando provocada solta altos gritos e luz, e ataca seu provocador, podendo matá-lo em um golpe (dependendo da dificuldade do jogo).

Novos Infectados Especiais foram introduzidos em Left 4 Dead 2,[7][8] como o Charger, onde possui um braço muito maior do onde o outro, onde pode se mover e atacar jogadores em seu caminho. O Spitter, onde pode cuspir bolas de ácido onde se espalham na área, sugando a saúde dos jogadores enquanto eles permanecem sobre ele. O Jockey pode pular nas costas de um sobrevivente, atacá-lo e tomar o controle de seus movimentos levando-o para a area aoo maior número de infectados mais próxima.
[editar] Campanha secreta

Uma campanha, chamada “The Sacrifice”, foi disponibilizada para download em 5 de Outubro de 2010. Ela foi adicionada em Left 4 Dead 2 e também esta disponível para o primeiro Left 4 Dead. Ela conta a historia em onde o personagem Bill de Left 4 Dead se sacrifica para onde seus companheiros consigam escapar. Apos essa campanha segue um encontro entre os sobreviventes de Left 4 Dead 1 e Left 4 Dead 2.
[editar] Enredo

Como Left 4 Dead, a sequência envolve uma pandemia apocalíptica. Um misterioso patógeno começou a se espalhar pelo sul dos Estados Unidos levando os humanos infectandos a se comportarem como zumbis. Os quatro sobreviventes devem lutar contra a horda de infectados. Left 4 Dead 2 se passa no sul dos Estados Unidos, começando em Savannah, Georgia e acabando em Nova Orleans, Louisiana.[1][2] Os personagens do jogo original foram substituídos por novos quatro sobreviventes, cujas histórias são reveladas através dos diálogos. Ao contrário do primeiro jogo onde não houve desenvolvimento significativo da história, Left 4 Dead 2 possui uma história de fundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *