O que é alteração genetica?

 

 

 

 

 

 

Pesquisadores esperam que a técnica ajude a combater doenças genéticas. Fluorescência se ativa com raios ultravioleta.

O Ministério da Ciência e Tecnologia da Coréia da Sul divulgou imagens de gatos recém-criados, cuja característica especial é o fato de brilharem no escuro. O feito é possível graças a uma alteração genética, com a inclusão de um gene de outra espécie que já tem essa característica de fluorescência. Há muitas espécies marinhas que têm essa propriedade. Uma vez isolado o gene responsável, basta inseri-lo no DNA do bichano para torná-lo fluorescente.


Foto: AFP
Em luz normal, brancos; sob luz ultravioleta, eles brilham no escuro (Foto: AFP)

A técnica não é destinada a produzir bichos curiosos, mas sim verificar o sucesso na inserção artificial de genes em animais. Por isso ela pode ser útil como “marcadora” no desenvolvimento de terapias genéticas contra doenças hoje intratáveis.

 

Foto: AFP
Gatos fluorescentes apresentados pelas autoridades da Coréia do Sul (Foto: AFP)


 


 


Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *