O que é microtúbulo?

 


 


 


 


 


Microtúbulos são estruturas protéicas que fazem parte do citoesqueleto nas células. São filamentos com diâmetro de, aproximadamente, 24 nm e comprimentos variados, de vários micra até alguns milímetros nos axônios das células nervosas. Microtúbulos são formados pela polimerização da proteína tubulina.



[editar] Organização


As duas extremidades de um microtúbulo são designadas como (+), pois se polimeriza mais rapidamente, e (-), se polimeriza mais vagarosamente.


Os microtúbulos são pequenas estruturas cilíndricas e ocas. São polimerizados a partir de um centríolo no centro do citoplasma celular. Além da função estrutural, os microtúbulos têm outras funções. Eles formam um substrato onde proteínas motoras celulares podem interagir e assim, são usados no transporte intracelular. Uma notável estrutura envolvendo os microtubúlos é o fuso mitótico, usado por células eucariontes para organizar a divisão celular. Os microtúbulos também fazem parte dos flagelos das células eucarióticas (flagelos das procarióticas são completamente diferentes).



[editar] Os microtúbulos e a teoria da consciência


Stuart Hameroff e Roger Penrose propuseram a teoria da “mente quântica” (en:quantum mind), na qual os centros ocos dos microtúbulos dentro dos neurônios formam um ambiente capaz de suportar a coerência quântica, a escala quântica de processamento de informação e o conhecimento consciente. A motivação para tal vem do fato de que os neurônios do cérebro, os quais muitos cientistas acreditam estarem envolvidos no processo cognitivo, são grandes demais para que os efeitos quânticos sejam significativos. A proposta encontrou considerável resistência, por várias razões, como o fato de ela falhar ao explicar como processos físicos e químicos que alteram o comportamento da consciência afetam os neurônios e que os microtúbulos não estão confinados ao cérebro ou aos neurônios, levando à questão de por que os microtúbulos no cérebro levam à consciência enquanto os dos pés não.

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *