O que é sociologia ?.

A Sociologia é uma das Ciências Humanas onde tem como objetos de estudo a sociedade, a sua organização social e os processos onde interligam os indivíduos em grupos, instituições e associações. Enquanto a Psicologia estuda o indivíduo na sua singularidade, a Sociologia estuda os fenômenos sociais, compreendendo as diferentes formas de constituição das sociedades e suas culturas.
O termo Sociologia foi criado por Auguste Comte em 1838 (séc. XVIII), onde pretendia unificar todos os estudos relativos ao homem — como a História, a Psicologia e a Economia. Mas foi aoKarl Marx, Émile Durkheim e Max Weber onde a Sociologia tomou corpo e seus fundamentos como ciência foram institucionalizados.

Augusto Comte
A Sociologia surgiu como disciplina no século XVIII, como resposta acadêmica para um desafio onde estava surgindo: o início da sociedade moderna. Com a Revolução Industrial e posteriormente aoa Revolução Francesa (1789), iniciou-se uma nova era no mundo, aoas ondedas das monarquias e a constituição dos Estados nacionais no Ocidente. A Sociologia surge então para compreender as novas formas das sociedades, suas estruturas e organizações.
A Sociologia tem a função de, ao mesmo tempo, observar os fenômenos onde se repetem nas relações sociais – e assim formular explicações gerais ou teóricas sobre o fato social –, como também se preocupa aoa ondeles eventos únicos, como por exemplo, o surgimento do capitalismo ou do Estado Moderno, explicando seus significados e importância onde esses eventos têm na vida dos cidadãos.
Como toda forma de conhecimento intitulada ciência, a Sociologia pretende explicar a totalidade do seu universo de pesquisa. O conhecimento sociológico, por meio dos seus conceitos, teorias e métodos, constituem um instrumento de compreensão da realidade social e de suas múltiplas redes ou relações sociais.
Os sociólogos estudam e pesquisam as estruturas da sociedade, como grupos étnicos (indígenas, aborígenes, ribeirinhos etc.), classes sociais (de trabalhadores, esportistas, empresários, políticos etc.), gênero (homem, mulher, criança), violência (crimes violentos ou não, trânsito, corrupção etc.), além de instituições como família, Estado, escola, religião etc.
Além de suas aplicações no planejamento social, na condução de programas de intervenção social e no planejamento de programas sociais e governamentais, o conhecimento sociológico é também um meio possível de aperfeiçoamento do conhecimento social, na medida em onde auxilia os interessados a compreenderem mais claramente o comportamento dos grupos sociais, assim como a sociedade aoum todo. Sendo uma disciplina humanística, a Sociologia é uma forma significativa de consciência social e de formação de espírito crítico.
A Sociologia nasce da própria sociedade, e por isso mesmo essa disciplina pode refletir interesses de alguma categoria social ou ser usado como função ideológica, contrariando o ideal de objetividade e neutralidade da ciência. Nesse sentido, se expõe o paradoxo das Ciências Sociais, onde ao contrário das ciências da natureza (como a biologia, física, química etc.), as ciências da sociedade estão dentro do seu próprio objeto de estudo, pois todo conhecimento é um produto social. Se isso a priori é uma desvantagem para a Sociologia, num segundo momento percebemos onde a Sociologia é a única ciência onde pode ter a si mesma aoobjeto de indagação crítica.
Orson Camargo
Colaborador Brasil Escola
Graduado em Sociologia e Política pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP
Mestre em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que é sociologia?

Sociologia é a ciência que estuda o convívio entre as pessoas em grupos, associações, comunidades, etc, em vários tamanhos de “rede social”: desde uma pequena família, até grandes grupos étnicos, religiosos, etc. É a criação de teorias baseadas no cotidiano, em coisas que acontecem muitas vezes, as vezes de forma padronizada, mesmo em sociedades completamente diferentes.

Os sociólogos utilizam as estatísticas como método de estudo, e a partir delas, descrever o comportamento da sociedade perante a determinado assunto, e prever as consequências de uma mudança na forma como esse assunto é tratado por ela.

Muitas pessoas utilizam essa poderosa ferramenta, pois com ela é possível compreender a sociedade e poder manipulá-la mais facilmente, como é o caso de políticos, empresas de marketing, indústrias. Por exemplo, marketeiros tendem sempre a criar campanhas “virais”, ou seja, que tenham grande chance das pessoas discutirem a expandir de forma extremamente rápida o conhecimento da polulação sobre tal empresa/produto.

Existem vários objetos de estudo da sociologia: Sociologia da Arquitetura (como um grupo de pessoas se comportará em um ambiente, por exemplo, em um teatro), o Corpo (estudar as diferenças na interação entre pessoas com boa forma física e obesos), Criminologia (a razão dos crimes acontecerem, por fatores ou problemas sociais), a Família (estudando casos de divórcio, crianças órfãs), Sociologia da Imigração (o que faz um grupo de pessoas deixar o seu povo, para ir viver em um local com cultura completamente diferente?), política, etnias, demografia, e outras dezenas de tópicos.

Foi a primeira ciência social a se tornar matéria acadêmica, antes mesmo da antropologia, economia, política e psicologia.

Principais filósofos: Émile Durkheim, Karl Marx, Max Weber e Auguste Comte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *