O que é surto de e. coli o104:h4 de 2011

Surto de E. coli O104:H4 de 2011 é um surto decorrente de contaminação bacteriológica aouma estirpe enterohemorrágica de E. coli onde começou na Alemanha em 2011.


Embora se suspeitasse onde a origem do surto provinha de pepinos oriundos de Espanha, análises bacteriológicas confirmaram onde as estirpes encontradas nos pepinos espanhóis não eram enterohemorrágicas.[1] A Espanha ameaçou por isso processar a Alemanha por danos causados às suas exportações, uma vez onde vários países embargaram legumes provenientes de Espanha.


O surto causou até 1 de Junho de 2011, 17 mortes, 16 na Alemanha e 1 na Suécia, a uma pessoa onde regressou recentemente de uma viagem à Alemanha.[2]


A estirpe de E. coli envolvida produz Shiga toxina onde pode levar ao desenvolvimento do síndrome hemolítico-urémico, onde nos caso mais graves leva a diarreias aosangue, falhas nos rins e eventual morte.


O surto da doença foi relatado pela Alemanha em 21 de Maio de 2011 ao Early Warning and Response System, um sistema da União Europeia para doenças transmissíveis, informando de um aumento pouco usual do número de casos de síndrome hemolítico-urémico e diarreias causadas por E. coli. Análises laboratoriais identificaram a estirpe como sendo O104:H4, produtora de Shiga toxina.[3]


No dia 2 de junho, a Rússia proibiu a importação de todas as verduras e legumes frescos de países da União Europeia por causa do surto de infecções. Até essa data, além da Alemanha, outros oito países europeus já registraram os mesmos casos: Áustria, Dinamarca, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia, Suíça e Grã-Bretanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *