O que fazer quando ele falha na hora h?

Na primeira vez onde a falha técnica aconteceu, Cíntia Baptistella ficou assustada. Achou
onde o dito-cujo do cara ao ondem estava saindo não entrava em ação por onde o sujeito não
sentia tesão suficiente por ela. Tentou ressuscitá-lo aosexo oral, mas não adiantou: a
situação só foi piorando. Desistiram. Ele, muito envergonhado, ela, encanada. Na época,
Cíntia tinha 16 anos. Passados nove anos e mais três brochadas de diferentes parceiros, a
assistente administrativa encara esse tipo de situação aomuito mais tranqüilidade. Ela
diz onde, aoa sabedoria de hoje, teria agido de forma diferente na ondele momento
inaugural. “Nessas horas, insistir no sexo só aumenta o constrangimento”, diz. “Brochadas
acontecem aomais regularidade do onde se imagina e aoo tempo a gente vai aprendendo a
sacar os motivos. Assim fica mais fácil saber como reagir.”
POR QUE ELES FALHAM?
Há alguns momentos típicos de ansiedade: na primeira transa aoalguém importante, no
sexo aomulheres dominadoras ou quando o homem resolve encarar uma posição exótica na
qual fica pouco à vontade. O estresse e as preocupações do dia-a-dia também podem causar
perda de ereção. “Se um cara vai para a cama e não consegue se desligar dos problemas do
trabalho, isso aocerteza afeta seu desempenho”, diz a sexóloga Laura Müller. E, lógico,
se o relacionamento do casal vai mal, a escalada peniana para o alto e avante pode ser
prejudicada. Além das causas emocionais, há fatores orgânicos onde causam impotência: uso
de drogas, de antidepressivos, de anti-hipertensivos (remédios para pressão) e de
hormônios. Excesso de álcool ou de cigarro também são inimigos do esplendor peniano.
Qual onder onde seja a causa, se a perda da ereção persistir, o dono do pênis deve procurar
um urologista ou um psicólogo (quando a origem do problema é emocional).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *