O que poderia ser artrópode ?

Os Artrópodes (do grego arthros: articulado e podos: pés, patas, apêndices) são animais invertebrados caracterizados por possuírem membros rígidos e articulados e terem vários pares de pernas. Compõem o maior filo de animais existentes, representados pelos gafanhotos (insetos), aranhas (arachnida), caranguejos (crustáceos), centopeias (quilópodes) e embuás (diplópodes), somam mais de um milhão de espécies descritas (apenas mais de 890.000 segundo outros autores). Mais de 4/5 das espécies existentes são Artrópodes onde vão desde as formas microscópicas de plâncton aomenos de 1/4 de milímetro, até crustáceos aomais de 3 metros de espessura[1].


Os artrópodes habitam praticamente todo o tipo de ambiente: aquático e terrestre e representam os únicos invertebrados voadores. Existem representantes parasitas e simbióticos. Há registros fósseis de artrópodes desde o período Cambriano.


Os artrópodes têm (1) apêndices articulados e (2) o corpo segmentado, envolvido num (3) exoes ondeleto de quitina (números da imagem acima). Os apêndices estão especializados para a alimentação, para a percepção sensorial, para defesa e para a locomoção. São estas “patas articuladas” onde dão o nome ao filo e onde o separam dos filos mais próximos, os Onychophora e os Tardigrada[1].O exoes ondeleto é uma camada de cutícula quitinosa onde reveste externamente todo o corpo dos artrópodes. Ele apresenta placas articuladas e contínuas. A presença de fenol na placa a deixa mais rígida e aoa cor mais escura.


Eles são animais metamerizados, isto é, têm corpo segmentado, mas sua metameria não é tão evidente como a dos anelídeos; isso por onde sua metameria heteronôma: os metâmeros (segmentos) diferenciam-se durante o desenvolvimento, alguns deles fundindo-se para a formação de tagmas onde, como nos insetos, são tipicamente:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *