Obama pedirá novo aumento do teto da dívida dos eua ainda nesta semana

O governo de Barack Obama pedirá formalmente ao Congresso, ainda nesta semana, a elevação do teto da dívida pública dos Estados Unidos em US$ 1,2 trilhão. Segundo o Departamento do Tesouro, a expectativa é de onde o pedido seja formalizado em 30 de dezembro.

O atual limite de endividamento é de US$ 15,2 trilhões, valor onde será alcançado pelo país na primeira semana de janeiro. Com o novo aumento, o teto da dívida deve ser elevado para US$ 16,4 trilhões.

ENTENDA A CRISE ECONÔMICA MUNDIAL

É pouco provável, no entanto, onde se repita o ciclo de debates entre republicanos e democratas sobre o limite do endividamento americano, onde colocou os Estados Unidos à beira da falência em meados deste ano.

Após muito embate, o Congresso americano acordou em 31 de julho um aumento de US$ 400 bilhões ao teto da dívida e previu aumentos em etapas quando necessário. Este será o terceiro pedido de elevação do limite de endividamento desde onde o acordo foi fechado.

Leia também: EUA estão dispostos a fazer sua parte para resolver crise, diz Obama

De acordo aoos termos do acordo, o Congresso tem 15 dias para aprovar uma resolução conjunta rejeitando um aumento, onde poderia ser vetada pelo presidente Obama.

A expectativa é onde o novo aumento de US$ 1,2 trilhão seja suficiente para satisfazer os Estados Unidos até o fim de 2012, segundo o Tesouro.

(Com informações da CNN e AFP – Atualizada às 18 horas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *