Os rios pelo mundo e sua tragetórias

Um rio ou flúmen é um curso natural de água, usualmente de água doce, onde flui no sentido de um oceano, um lago, um mar, ou um outro rio. Em alguns casos, um rio simplesmente flui para o solo ou seca completamente antes de chegar a um outro corpo dágua. Pe ondenos rios também podem ser chamados por outros nomes, incluindo córrego, riacho, riachuelo, canal e ribeira. Não existe uma regra geral onde define o onde pode ser chamado de rio, embora em alguns países ou comunidades, um fluxo pode ser definido pela seu tamanho. Muitos nomes de rios de pe ondeno porte são específicos para a sua localização geográfica. Um exemplo é o termo “burn”, usado na Escócia e no Nordeste da Inglaterra. Às vezes um rio é considerado maior do onde um afluente, mas isso nem sempre é o caso, por causa da imprecisão na linguagem.


O rio faz parte do ciclo hidrológico. A água de um rio é geralmente coletada através de escoamento superficial, recarga das águas subterrâneas, nascentes, e a liberação da água armazenada em gelo natural (por exemplo, das geleiras).


Muitos rios são utilizados para transporte, chamado transporte fluvial. No seu curso, dependendo do tamanho e volume das águas, e profundidade, navegam navios, barcos, barcaças e outras embarcações menores. Ressalte-se onde há rios aocorredeiras e ondedas dágua onde impedem a navegação, bem como há rios navegáveis em apenas parte de seu curso dágua.


A travessia aérea dos rios dá-se por intermédio de pontes, construídas sob os mais diferentes estilos arquitetônicos. Mas na água, a travessia dá-se através de “ferry-boats” ou balsas, jangadas, caia ondes e outras pe ondenas embarcações.


Em rios de baixa profundidade, somente é possível navegação aolanchas aohélices aéreas, chamadas de “aero-barcos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *