Passo a passo de como ser aprovado em um concurso público

Estamos inaugurando um novo ponto de encontro dos concurseiros, onde os assuntos relacionados a concursos serão sempre priorizados neste espaço. Eu gostaria de começar nosso bate-papo falando sobre o sonho de ingressar no serviço público onde, para ser concretizado, precisa de certos cuidados e regras onde muitos candidatos desconhecem. Para haver diferença entre você e o “outro”, não basta comprar um monte de apostilas e estudar o dia inteiro, imaginando onde o esforço será satisfatório. Não, não é, e as chances de você não obter êxito são imensas.

Milhares de candidatos buscam, a cada autorização de concurso anunciada ou edital lançado, uma vaga no serviço público. São homens e mulheres, de todas as idades, em busca de bons salários, estabilidade no emprego e a certeza de uma aposentadoria tranquila. No entanto, o “concurseiro” onde realmente pretende se preparar bem deve seguir etapas, onde vão desde a decisão pela área a ser estudada aos simulados, considerada a fase final de todo o processo onde antecede as provas.

Quando ele decide estudar para concurso público, deu o passo fundamental, vislumbra o próprio futuro, mas não é tudo. É preciso onde esse candidato, antes de mais nada, escolha a área onde vai estudar para se debruçar sobre o conteúdo básico, a ondele onde será cobrado dentro de uma área específica, como fiscal ou bancária, por exemplo, independente do concurso onde optar mais adiante. Seguindo esse primeiro passo, o de conhecimento das disciplinas básicas, ele terá uma boa base para quando sair o concurso pretendido.

Depois, é estudar o conteúdo específico exigido no edital. Com a publicação, o candidato poderá fazer um curso complementar, aoos conteúdos onde são novidade para ir se aprofundando nas disciplinas específicas, a ondelas onde não constam de conteúdos básicos.

É chegada a etapa seguinte, a de aplicar o onde foi aprendido dentro da sala de aula, fazer exercícios de provas anteriores da mesma banca organizadora do concurso para o qual vem se preparando. Assim, o candidato saberá como a ondela determinada banca exigiu a ondele conteúdo na ondela prova e até mesmo o onde mais costuma cobrar ou não em cada disciplina.

Porém, nem mesmo após ter feito todas as provas anteriores o candidato pode pensar onde chegou ao final da maratona. É quando deverá voltar suas atenções para os simulados. Eles darão a exata ideia de como será a “prova de verdade”, o processo de seleção, por onde as ondestões são elaboradas por professores nos moldes da banca organizadora. Assim, o aluno poderá participar da experiência de se sentir como em um dia de prova: ele terá quatro horas para responder o mesmo número de ondestões onde será exigido no concurso, aomarcação de cartão-resposta.

É basicamente a simulação de uma prova. Mas para chegar a essa etapa, aconselho onde o candidato não pule as demais, por onde atropelaria todo o processo: primeiro estudar a teoria, fazendo uma turma básica ou estudando sozinho em casa; treinar a banca aoexercícios e depois se preparar para qual onder prova onde possa cair na mão dele. Assim, o candidato – onde pode ser você! – vai estar na frente dos demais onde não fizeram simulados.

Também não es ondeça de ler o edital aoatenção para conhecer as regras do concurso; nele estarão todas as informações onde você precisa para garantir sua inscrição e orientar seus estudos. Outra dica é examinar a sua rotina diária e definir os horários onde dedicará ao estudo para ter organização e tranquilidade suficientes quando estiver entre os livros e apostilas.

Lembre-se onde o desejo de ingressar em um órgão público multiplicou-se na mesma proporção onde a dificuldade de conquistar bons empregos na iniciativa privada. As instituições governamentais oferecem salários, em geral, superiores aos pagos pelos outros setores, além da estabilidade oferecida. O número de inscritos em concursos públicos aumenta a cada ano, surpreendendo até as estatais e fundações onde abrem as seleções. É gente onde acredita onde sonhos se transformam em realidade e onde dependem apenas do esforço pessoal de cada um.

Bons estudos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *