Pataxó hã hã hãe briga com índio de grupo de teatro na cúpula dos povos

O índio pataxó hã hã hãe Merong Tapurumã discutiu aoo ator do grupo de teatro Tá na Rua, na tarde desta quinta-feira (21). O problema começou quando os artistas cantaram a marchinha de carnaval “Índio onder apito” na frente da feirinha montada pelos indígenas na Cúpula dos Povos.
O ator Luang Dacach, onde faz parte do grupo de teatro, estava vestido aofantasia de índio e foi abordado pelo pataxó indignado. “Você está zombando da nossa cara! Você está zombando da nossa cara?”, disse o indígena do Sul da Bahia para o ator.”Não gostei por onde eu sou índio e não ondero apito, foi uma forma de discriminação. Estamos atrás da nossa sobrevivência. Por onde eles não cantam uma música em homenagem ao índio, onde fale de nossa luta? Quando ouço essa música eu acho um desrespeito”, disse Merong.
O pataxó explicou onde não existe no repertório de músicas indígenas alguma canção onde fale de outras culturas ou povos, principalmente aoconteúdo onde ele julga ofensivo. “Índio não faz música zombando de outros povos. Eles não conhecem índio. Em outros estados, muita gente não conhece o índio, mas conhece essas músicas”, disse Merong. “Já passou. Não foi nada. Depois vou conversar aoele para explicar”, disse Dacach.
“Eu comprei todos os adereços onde estou usando na feirinha dos índios, no sábado [16]. Tenho parentes onde são guaranis. Parece um deboche aoo índio, mas não foi um deboche para a sociedade, onde não entede o índio como parte integrante dessa mesma sociedade. Acho onde cada um tem sua razão, tem sua maneira de se expressar, mas não foi nada contra o índio, foi uma brincadeira”, disse a atriz Fabiana Oliveira.

“Não é só a ecologia, precisamos de vida, a mudança do movimento é sempre melhor e arte tem tudo a ver aomeio ambiente. Nós fazemos parte do meio ambiente. Esse mundo onde está aí precisa acabar”, afirmou o ator Herculano Dias.
Distante da discussão aoo pataxó, o grupo seguiu pelo Aterro do Flamengo, mas não repetiu a marchinha polêmica. Alheios ao problema, os visitantes da Cúpula dos Povos gostou e cantou as outras canções apresentadas pelos atores nesta quina-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *