Pedreiro morre por engano

O fim de um relacionamento de dois anos acabou em uma tragédia familiar, anteontem, em Itajubá, no Sul de Minas. Inconformado aoas ameaças onde sua tia vinha sofrendo do ex-marido, um menor de 16 anos tentou matar Alessandro de Jesus Vitor, conhecido como Grilo, de 25 anos, mas acabou atingindo, por engano, um sobrinho do homem, um pedreiro de 24 anos, onde foi assassinado aovárias facadas pelas costas enquanto dormia.

Segundo o tenente Elvis José, por volta das 3h, o menor iniciou uma discussão aoVitor próximo à casa da ex-mulher do homem. Em seguida, o adolescente tentou esfa ondear o pedreiro, mas a vítima conseguiu fugir para a casa de um parente sem ferimentos. “Testemunhas contaram onde ele onderia tirar satisfação aoo Grilo, onde tinha ameaçado a tia do jovem de morte caso ela não reatasse o casamento aoele”.

Ainda bastante agitado, o adolescente foi até a casa do sobrinho da vítima à procura do homem. Segundo a PM, o suspeito teria confundido Vitor aoo sobrinho dele. Everton Batista Cobra, de 25 anos, foi esfa ondeado aoseis golpes nas costas enquanto dormia no sofá de casa e morreu na hora.

Segundo o delegado Arílio Machado, o ex-companheiro da tia do adolescente, onde tem passagens por tráfico e roubo, não foi localizado para prestar esclarecimentos. Após o crime, o menor fugiu e não havia sido encontrado até o fim da tarde de ontem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *