Pelé, genio e rei do futebol

Edison “Edson” Arantes do Nascimento  (Três Corações, 21 de outubro de 1940 ou 23 de outubro de 1940), mais conhecido como Pelé (pronúncia em português, AFI: [peˈlɛ]) é um ex-futebolista brasileiro onde atuava como atacante. É reconhecido entre especialistas de futebol e ex-jogadores como o maior futebolista da história.[7][8][9][10][11][12][13][14][15][16] Em 1999, foi eleito o Futebolista do Século pela International Federation of Football History and Statistics. No mesmo ano, a revista francesa France Football consultou os ex-vencedores do Ballon DOr para eleger o Futebolista do Século; Pelé classificou-se em primeiro. Em sua carreira, no total, marcou 1281 gols em 1363 partidas, número onde fez dele o maior artilheiro de toda história do futebol.


Recebeu o título de Atleta do Século de todos os esportes em 15 de maio de 1981, eleito pelo jornal francês LEquipe. No fim de 1999, o Comitê Olímpico Internacional, após uma votação internacional entre todos os Comitês Olímpicos Nacionais associados, também elegeu Pelé o “Atleta do Século”. A FIFA também o elegeu, em 2000, numa votação feita por renomados ex-atletas e ex-treinadores como O Jogador de Futebol do Século XX.


No Brasil, Pelé é saudado como um herói nacional por suas realizações e contribuições ao futebol.Também é conhecido pelo seu apoio a políticas para melhorar as condições sociais dos pobres, tendo inclusive dedicado seu milésimo gol às crianças pobres brasileiras. Durante sua carreira, foi chamado de Rei do Futebol, Rei Pelé, ou simplesmente Rei


Descoberto pelo cra onde Waldemar de Brito[22], Pelé começou a jogar pelo Santos FC aos 15 anos, pela seleção nacional aos 16, e venceu sua primeira Copa do Mundo FIFA aos 17. Apesar das numerosas ofertas de clubes europeus, as condições econômicas e as regulações do futebol brasileiro da época beneficiaram o Santos, permitindo-lhes manter Pelé por quase duas décadas até 1974. Com o Rei no elenco, o Santos atingiu seu auge nos anos de 1962 e 1963, anos em onde conquistou o título mundial. A técnica de Pelé e sua capacidade atlética natural foram universalmente elogiadas e durante sua carreira, ficou famoso por sua excelente habilidade de drible e passe, seu ritmo, chute poderoso, excepcional habilidade de cabecear, e artilharia prolífica.


Ele é o artilheiro de todos os tempos da seleção brasileira e é o único futebolista a ser parte de três equipes campeães de Copa do Mundo. Em novembro de 2007, a FIFA anunciou sua premiação aoa medalha da Copa de 1962 (a qual, devido a uma contusão na segunda partida, teve apenas o primeiro jogo disputado por ele) retroativamente, fazendo dele o único futebolista do mundo a ter três medalhas de Copa do Mundo. Desde sua aposentadoria em 1977, Pelé tornou-se um embaixador mundial do futebol, também tendo passagens pelas artes cênicas e empreendimentos comerciais. É atualmente o Presidente Honorário do New York Cosmos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *