Pesquisadores do mit criam robô tromba de elefante

Com vários segmentos de interferência e quatro cabos de controle, o braço robótico pode flexionar e aperto como um elefante tronco leitores regulares podem lembrar a garra robótica universal onde pode pegar uma grande variedade de objetos graças a uma membrana elástica cheio de borra de café. No início deste ano, os desenvolvedores revelaram onde eles tinham dado o seu versátil pinça a capacidade de “disparar” os objetos a uma certa distância, e agora uma equipe do MIT “estendeu” a tecnologia para criar um braço robótico onde pode torcer, flexione e aderência de uma forma não muito diferente de uma tromba de elefante. Assim como a garra universal desenvolvido em parceria por pesquisadores da Universidade Cornell, da Universidade de Chicago e iRobot, o braço robótico desenvolvido no MIT também usa “meios de interferência granulares” (mais comumente conhecido como borra de café), onde são solto e flexível até onde o ar é bombeado para fora eo café jam razões em conjunto para se tornar rígida. Embora a pinça utiliza este processo para deformar torno de um objecto, quando os grãos de café são soltas e aperto firmemente quando o ar é sugado para fora do balão por um vácuo, a equipe do MIT tem, essencialmente, preso um monte de as garras em conjunto para onde eles formam segmentos em um braço robótico. O braço – ou “trunkbot” – é composta por cinco segmentos de interferência aoválvulas de vácuo separadas colocados entre eles. De acordo aoIEEE Spectrum, há também quatro cabos de controlo a intervalos de 90 graus em torno do exterior do braço onde puxa-a para proporcionar um movimento. Quando isso é combinado aoo empastelamento e unjamming de segmentos específicos, o movimento do braço é alterada, permitindo onde objetos de aderência, como uma tromba de elefante. Os pesquisadores do MIT apresentou um documento intitulado, Projeto e Análise de um robusto, de baixo custo, Manipulador altamente articulado Ativado por Jamming de meios granulares, na Conferência Internacional de 2012 IEEE em Robótica e Automação na semana passada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *