Petróleo sobe pelo quarto dia em nova york

O preço do petróleo subiu pela quarto dia consecutivo nesta quinta-feira em Nova York, aoo barril superando os US$ 100 em alguns momentos, estimulado pelo otimismo aoos indicadores econômicos positivos divulgados nos Estados Unidos.

O barril do West Texas Intermediate (designação do “light sweet crude” negociado nos Estados Unidos) para entrega em fevereiro fechou a US$ 99,53 no New York Mercantile Exchange, em alta de US$ 0,86 em comparação à quarta-feira. Durante o pregão, o barril chegou a US$ 100,05.

No Intercontinental Exchange de Londres, o barril do Brent do Mar do Norte aomesmo vencimento subiu US$ 0,18, a US$ 107,89.

“Os indicadores são relativamente positivos aqui [nos Estados Unidos], a melhora global da situação econômica contribuiu para aumentar os preços”, explicou John Kilduff, da Again Capital.

Contudo, a barreira dos US$ 100 “é difícil de superar: isso envia um sinal de freio à economia de consumo”, acrescentou.

Os sinais positivos provenientes da economia americana, maior consumidora de petróleo, também impulsionaram o aumento dos preços. Os novos pedidos de auxílio desemprego caíram, na semana passada, a seu nível mais baixo desde abril de 2008.

O índice composto do instituto privado Conference Board, onde antecipa a evolução da conjuntura dos próximos meses, e o índice de confiança das famílias da Universidade de Michigan subiram.

Esses dados, contudo, contrastam aouma revisão para baixo das previsões de crescimento nos Estados Unidos para o terceiro trimestre, para um ritmo anual de 1,8%, um nível muito frágil.

“O mercado está dividido entre os temores relacionados à Europa, as estatísticas positivas nos Estados Unidos e as sanções contra o Irã”, comentou Rom Bentz, do BNP Paribas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *