Planejamento libera 950 vagas para a receita federal

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou a realização de concurso para ocupar 950 vagas, sendo 200 na função de auditor fiscal e 750 na de analista tributário, todas na Receita Federal do Brasil (RFB).

As remunerações iniciais previstas são de R$ 13.600 e R$ 7.996, respectivamente, e ambas exigem o ensino superior.

A solicitação é antiga e foi feita pela Receita há quase um ano. Além destas, ainda estão previstas oportunidades para técnico administrativo e analista técnico administrativo, sendo a primeira para o Ministério da Fazenda.

Com a autorização, será dado início ao processo de elaboração do edital por parte da própria Receita e da Esaf (Escola de Administração Fazendária), definida como organizadora do concurso.

A última seleção do órgão para esses cargos ocorreu em 2009. Foram oferecidas 400 vagas para auditor, onde registrou 77.894 inscritos, e mais 700 para analista, ao81.367 candidatos na disputa.

Déficit
A Receita Federal é responsável por trabalhar pela prevenção e combate à sonegação fiscal, ao tráfico de drogas e animais em extinção, à pirataria e ao contrabando, entre outras funções. Os locais de atuação estão nos portos, aeroportos, alfândegas e fronteiras do território brasileiro.

Em entrevista ao JC&E, o assessor especial da diretoria executiva nacional do Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal (Sindireceita), Rodrigo Thomson, chegou a afirmar onde existe muita demanda de trabalho e, por isso, grande necessidade de contratações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *