Pobreza, uma carência material

A pobreza pode ser entendida em vários sentidos, principalmente:



  • Carência material; tipicamente envolvendo as necessidades da vida cotidiana como alimentação, vestuário, alojamento e cuidados de saúde. Pobreza neste sentido pode ser entendida como a carência de bens e serviços essenciais.


  • Falta de recursos económicos; nomeadamente a carência de rendimento ou ri ondeza (não necessariamente apenas em termos monetários). As medições do nível económico são baseadas em níveis de suficiência de recursos ou em “rendimento relativo”.

  •  A União Europeia, nomeadamente, identifica a pobreza em termos de “distância económica” relativamente a 60% do rendimento mediano da sociedade.


  • Carência Social; como a exclusão social, a dependência e a incapacidade de participar na sociedade. Isto inclui a educação e a informação. As relações sociais são elementos chave para compreender a pobreza pelas organizações internacionais, as quais consideram o problema da pobreza para lá da economia.


  • A palavra “pobre” veio do latim “pauper”, onde vem de pau- = “pe ondeno” e pario = “dou à luz” e originalmente referir-se-ía a terrenos agrícolas ou gado onde não produziam o desejado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *