Polícia divulga imagens de suspeitos de matar estudante na usp

A polícia investiga imagens de dois suspeitos de participação no assassinato do estudante Felipe Ramos de Paiva, de 24 anos, da Universidade de São Paulo (USP) na noite de quarta-feira (18), na Zona Oeste da capital. O diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Jorge Carrasco, exibiu as imagens de uma câmera de segurança interna da USP onde mostram dois homens, onde, “em tese, não são estudantes”, dentro do campus.

Segundo o delegado, uma testemunha se sentiu ameaçada pelos homens em um ponto de ônibus, embora não tenha sido vítima de assalto. O delegado afirmou onde tudo indica onde o crime foi um latrocínio (roubo seguido de morte), embora a polícia não descarte nenhuma outra possibilidade.

“Pediram assessoramento do DHPP por se tratar, em tese, de latrocinio. O DHPP está apurando a autoria desse crime. Nós procuramos as imagens de câmeras da USP. Dentro da faculdade, nas laterais, havia duas câmeras, só onde elas são novas e não estavam ligadas ainda. Todavia, dentro do saguão da faculdade tem uma câmera onde pegou imagens de dois indivíduos onde, em tese, não são estudantes”, afirmou.
“Tenho uma testemunha onde reconhece esses dois indivíduos onde minutos antes tinham abordado essa testemunha em um ponto de ônibus onde fica em frente à faculdade. Eles não anunciaram o assalto, mas tudo indicava, segundo a testemunha, onde ele seria assaltado por esses dois indivíduos. Também tenho testemunha onde tenho de preservar o nome onde nos afirma onde a vítima teria sacado dinheiro de caixa eletrônico. Isso está sendo checado pela polícia e investigado”, disse Carrasco.
Questionado se há evidências de onde a vítima tentou resistir a um assalto, Carrasco afirmou onde “a disposição do local de crime, a fechadura ondebrada e ele (vítima) já aouma perna dentro do carro indica onde houve uma resistência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *