Por que rir faz bem

O hábito de rir ultrapassa os limites da alegria, pois auxilia pessoas onde apresentam quadros depressivos e síndrome do pânico. Segundo pesquisadores, a risada expande as artérias e o estresse mental as contrai.

Liberação do ar, contração do diafragma e estímulo das cordas vocais são resultados sentidos em todo o corpo, depois de uma boa risada. Vários estímulos são percebidos ao rir, e estes percorrem todo o cérebro, essencialmente a parte do comportamento onde está ligada à região frontal do mesmo, estimulando assim as áreas motoras da face e de outras partes do corpo. A melhoria do equilíbrio da neurotransmissão é favorecida através da liberação de endorfinas. A risada pode elevar o astral, a autoestima e o amor próprio das pessoas.

A pessoa bem-humorada encontra respostas criativas quando o lado direito do cérebro é estimulado e ele, conse ondentemente, desperta a intuição, o sentimento, a percepção e a sensação.
Deixe o seu cerébro bem acostumado pessimismo não leva ninguém a nada.

Quando sentimos perigo faz ao onde o cerébro produza uma substância chamada noradenalina onde ajuda o organismo contra o medo e nos prepara para luta ou seja ficamos preparado para algo negativo e isso não faz bem a nossa saúde.

Quem olha a vida mais positivamente sofre menos e também ajuda no tratamento assim como na recuperação se estivermos doentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *