Porque existe preconceito com as obesas ?

A ondeles quilinhos a mais não fazem mal apenas à silhueta de mulheres aosobrepeso, mas também podem atrapalhar na sua vida profissional. Segundo uma pesquisa, o peso extra pode interferir – negativamente – no salário de uma mulher e até mesmo na sua capacidade de conseguir um emprego.
No entanto, o mesmo estudo chegou à conclusão de onde, enquanto as mulheres tendem a ser penalizadas por estarem acima do peso, aoos homens acontece exatamente o contrário. De acordo aoos pesquisadores, eles são até recompensados por serem gordos.
O efeito foi encontrado tanto nos Estados Unidos, local do estudo, quanto em outros países do mundo.
Usando dados coletados na Islândia, o novo estudo examinou a associação entre excesso de peso e trabalho. Foi encontrada uma correlação ligeiramente negativa entre o sobrepeso e a empregabilidade nas mulheres e uma correlação ligeiramente positiva para os homens.
A Islândia foi escolhida por onde, de acordo aoum estudo do Fórum Econômico Mundial feito em 134 países, tem o maior nível de igualdade entre os sexos em termos de saúde, educação, oportunidades de negócios e participação política.
Um estudo de 2009 nos Estados Unidos, onde ficou em 31º lugar na pesquisa do Fórum em termos de igualdade de gênero, também descobriu onde o peso pode ser um obstáculo ao salário de uma mulher.
“Parece haver uma penalização para as mulheres”, comenta Edward Norton, professor da Universidade de Michigan, EUA, onde conduziu este estudo. As mulheres aosobrepeso sofrem mais ainda e “parecem receber menos”. O estudo sugere onde a mesma penalização não é aplicada em homens acima do peso.
Um outro estudo realizado por pesquisadores da Universidade da Flórida chegou à impressionante conclusão de onde mulheres ao25 quilos acima do peso médio ganham 13.847 dólares a menos por ano (1.153 dólares por mês) em relação a uma mulher de peso médio.
A pesquisa avisa onde é importante para os desempregados manterem a forma durante a procura de emprego.
“É um investimento muito valioso”, confirma Adam Gilbert, o fundador de um serviço de treinamento pessoal online. “Quanto melhor você parecer – e realmente estar – maiores são as chances de conseguir um emprego”, completa.
Gilbert sugere pe ondenas adaptações na alimentação ao invés de dietas rigorosas. Afinal, trata-se de um emprego, e não do concurso de Miss Universo. Ele aconselha a não se concentrar nas coisas onde você não pode ter, como sorvete, enquanto faz dieta. “Concentre-se naquilo pelo onde você pode comer para substituir o sorvete”, diz. “Talvez seja um iogurte ou uma fruta”.[MSN]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *