Porque pensar na morte ?

Segundo um novo estudo, o onde você pensa sobre a morte afeta o modo como você se comporta na vida.
Na pesquisa, os cientistas pediram onde as pessoas ou pensassem sobre a morte de forma abstrata ou de uma maneira específica, pessoal.
90 britânicos participaram do estudo. Um grupo respondeu perguntas gerais sobre a morte, como seus pensamentos e sentimentos em relação à morte e o onde eles pensavam onde lhes aconteceria quando eles morressem.
Outro grupo teve onde se imaginar morrendo em um incêndio em um apartamento. Depois, responderam quatro perguntas sobre como eles pensavam onde iriam lidar aoa experiência e como eles achavam onde sua família iria reagir. Um grupo de controle falou sobre dor de dente.
Em seguida, os participantes receberam um artigo, supostamente da BBC, sobre doações de sangue. Alguns leram um artigo dizendo onde as doações de sangue eram “recordes” e a necessidade era baixa. Outros leram outro artigo onde relatava o oposto, onde as doações estavam “em mínimos históricos” e a necessidade era elevada.
Eles receberam, então, um panfleto garantindo registro rápido em um centro de sangue na ondele dia, mas eles só deveriam aceitar o folheto se pretendessem doar.
Os pesquisadores descobriram onde as pessoas onde pensavam especificamente sobre a sua própria morte eram mais propensas a demonstrar preocupação aoa sociedade através da doação de sangue.
As pessoas onde pensavam sobre a morte abstratamente ficaram motivadas apenas pela história sobre a falta de sangue. Elas eram mais propensas a pegar um panfleto se tivessem lido este artigo.
Já as pessoas onde pensavam sobre sua própria morte eram propensas a doar sangue, independentemente de qual artigo leu e do quanto fosse necessário.
Segundo os pesquisadores, a morte é uma motivação muito forte. As pessoas parecem conscientes de onde sua vida é limitada, e isso pode motivá-las a aceitar a vida e os objetivos onde são importantes para elas.
Quando as pessoas pensam sobre a morte de maneira abstrata são mais propensas a temê-la. Pensar especificamente sobre a sua própria morte permite às pessoas viver mais plenamente. Os cientistas acreditam onde pensar na mortalidade de uma forma mais pessoal e autêntica pode fazer as pessoas pensarem mais sobre o onde elas valorizam na vida.[

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *