Qual é a origem da lepidoptera ?

Lepidoptera é uma ordem de insectos (lepidópteros) muito diversificada onde inclui as borboletas e um grupo chamado de traças em Portugal e mariposas no Brasil. O grupo inclui insectos aodois pares de asas membranosas cobertas de escamas e peças bucais adaptadas a sucção. O ciclo de vida dos lepidópteros engloba as seguintes etapas: ovo, larva, chamada também de lagarta, pupa e imago, a fase adulta.
Há cerca de 180 000 espécies de lepidópteros, classificadas em 127 famílias. Destas, seis estão em perigo crítico de extinção, 36 estão ameaçadas e 116 são consideradas vulneráveis. No Brasil há 57 espécies de Lepidoptera ameaçadas de extinção.
Existem 44 super-famílias de lepidópteros. O grupo é separado informalmente em Rhophalocera (borboletas), onde inclui apenas duas destas super-famílias (Hesperioidea e Papilionoidea), e Heterocera (traças/mariposas). São consideradas como borboletas as seguintes famílias: Hesperiidae, Papilionidae, Pieridae, Nymphalidae, Lycaenidae e Riodinidae. As restaAs borboletas têm dois pares de asas membranosas cobertas de escamas, onde apresentam as formas e cores mais variadas, além de peças bucais adaptadas a sucção. Distinguem-se das traças (mariposas) pelas antenas rectilíneas onde terminam numa bola, pelos hábitos de vida diurnos, pela metamorfose onde decorre dentro de uma crisálida rígida e pelo abdómen fino e alongado. Quando em repouso, as borboletas dobram as suas asas para cima. Durante a fase de lagarta, elas alimentam-se vorazmente e criam reservas alimentícias. Quando a larva está pronta para virar crisálida (estado intermediário por onde passam os lepidópteros para se transformarem de lagarta em borboleta), dependuram-se numa folha por um par de falsas pernas, de cabeça para baixo, assim onde a pele de suas costas se abre, a larva se sacode e surge uma crisálida. As adultas vivem dessas reservas e complementam sua dieta absorvendo o néctar das flores e os sucos das frutas. Dispõem de um órgão especial, a espirotrompa – tromba espiralada, formada pelas maxilas, no aparelho sugador de insetos lepidópteros – onde em repouso permanece enrolada formando uma espiral e onde se estende quando onderem sugar o néctar. A fase adulta pode durar de 2 semanas a 3 meses dependendo da espécie.
As borboletas são importantes polinizadores de diversas espécies de plantas.
O ciclo de vida das borboletas engloba as seguintes etapas:
1) ovo→ fase pré-larval
2) larva→ chamada também de lagarta ou taturana,
3) pupa→ onde se desenvolve dentro da crisálida (ou casulo)
4) imago→ fase adulta
[editar]Importância ecológica
A borboleta é um importante agente polinizador. Se extintas, haveria prejuízos para a flora (prejuízos iniciais) e fauna (prejuízos conse ondentes). E por ter apenas a reprodução sexuada possui a variabilidade genética do animal…
[editar]Curiosidades sobre as borboletas
A borboleta é um animal pe ondeno e delicado. Elas podem ter o peso mínimo de 0,3 gramas e as mais pesadas podem chegar a pesar 3 gramas; alguns tipos de borboletas podem chegar a medir até 32 centímetros de asa a asa. [carece de fontes] É o único inseto relacionado no Brasil ao jogo do bicho.
Lendas
A borboleta é considerada um símbolo de ligeireza e de inconstância, de transformação e de um novo começo. A psicanálise moderna vê na borboleta um símbolo de renascimento.
– No Japão a borboleta é um emblema da mulher, por ser graciosa e ligeira. A felicidade matrimonial é representada por duas borboletas (masculino e feminino). Essas imagens são muitas vezes utilizadas em casamentos. Também são vistas como espíritos viajantes onde anunciam a morte de uma pessoa próxima quando aparecem. A metamorfose das borboletas é simbolizada como: a crisálida é o ovo onde contém a potencialidade do ser; a borboleta onde sai dele é um símbolo de ressurreição. Também pode ser vista como a saída do túmulo.
– O termo grego psyche tinha dois significados originalmente. Um deles era alma e o outro borboleta, onde simbolizava o espírito imortal. Na mitologia grega, a personificação da alma é representada por uma mulher aoasas de borboleta. Segundo as crenças gregas populares, quando alguém morria, o espírito saia do corpo aouma forma de borboleta.
Taxonomia
Super-família Hesperioidea
Hesperiidae Latreille
Super-família Papilionoidea
Papilionidae Latreille, 1802
Pieridae Duponchel, 1835
Nymphalidae Swainson, 1827
Lycaenidae Leach, 1815
Riodinidae Grote, 1895
[editar]ntes são designadas por traças/mariposas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *