Qualidade de chapas de partículas de madeira





























Autor: Cristiane Pedrazzi
[pt] QUALIDADE DE CHAPAS DE PARTÍCULAS DE MADEIRA AGLOMERADA FABRICADAS COM RESÍDUOS DE UMA INDÚSTRIA DE CELULOSE
[en] QUALITY OF WOOD PARTICLEBOARD MANUFACTURED WITH RESIDUE OF A PULP INDUSTRY
Instituição de Defesa: Universidade Federal de Santa Maria
Data de Defesa: 2005-01-19
Resumo: [pt] Este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade de chapas aglomeradas fabricadas com resíduos da madeira de Eucalyptus saligna, resultantes da picagem das toras para a confecção de cavacos utilizados na produção de celulose. As chapas foram produzidas com dois tipos de resíduos, palitos e serragem, sendo utilizados puros. O adesivo usado foi à base de uréia-formaldeído em proporções de 4, 8 e 12%, com base no peso seco das partículas de madeira, e as densidades nominais das chapas foram de 0,55, 0,65 e 0,75 g/cm3. Foram avaliadas propriedades de flexão estática, ligação interna, arrancamento de parafusos, absorção dágua e inchamento em espessura. Os valores obtidos das propriedades de flexão estática aumentaram com a densidade da chapa, assim como com o teor de adesivo, e as chapas produzidas com partículas tipo serragem apresentaram valores um pouco maiores que chapas produzidas com partículas tipo palitos. Para a ligação interna e o arrancamento de parafusos, os valores foram maiores para as chapas com maior densidade e maior teor de adesivo, independentemente do tipo de resíduo. No caso da absorção dágua, os valores aumentaram com a redução da densidade, tanto para chapas produzidas com partículas tipo palitos como para serragem. Para inchamento em espessura, os valores aumentaram com a diminuição do teor de adesivo, sem considerar o do tipo de resíduo utilizado. Os resultados, permitem concluir que, usando-se tanto partículas tipo palitos quanto serragem com maiores percentagens de adesivo e maiores densidades, podem ser produzidas chapas com qualidade satisfatória.
[en] The objective of this work was to investigate the quality of particleboards made with Eucalyptus saligna wood residues, resulting from chiping of the logs for pulp production. The boards were producted with two types of residues, sticks and sawdust, used pure. The adhesive used was ureaformaldehyde resin in proportions of 4, 8 and 12% (based on ovendry weight of wood particles) and nominal densities were 0,55, 0,65 and 0,75 g/cm3. There were evaluated the bending properties, internal bond, screw withdrawal, water absorption and thickness swelling. The results indicated that the bending properties were slightly higher with the sawdust type residue than boards made with stick type residue. For internal bond and screw withdrawal values were larger for boards with larger densities and larger resin proportions, independent of the type of the residue. For water absorption, the values increased with the reduction of the density, for both type of particles. Thickness swelling increased with the reduction of resin proportion, independent of the type of the residue used. Observing the results it was possible to conclude that using either particle type with larger resin proportion and larger densities, boards with acceptable quality can be made
Titulação: Mestre em Engenharia Florestal
Contribuidor(es): Clovis Roberto Haselein
Renato Zanella
Elio José Santini
Assuntos: [pt] engenharia florestal
[pt] celulose
[pt] industria da madeira
[pt] madeira aglomerada
[pt] RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Documentos Digitais: [pt] Texto Completo

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *