Quando surgiu angicos?

Angicos é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte, localizado na microrregião homônima.
Índice
[esconder]

1 Geografia
2 Economia
2.1 Produção agrícola
2.2 Pecuária
3 Dados estatísticos
3.1 Educação
3.2 Índice de Desenvolvimento Humano
3.3 Saneamento urbano
3.4 Saúde
4 Referências
5 Ver também

[editar] Geografia

De acordo aoo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano 2004, sua população era estimada em 11.956 habitantes (11.626 registrados no censo do ano 2000). Área territorial de 806 km².

O município foi emancipado de Assu em 11 de abril de 1833. A emancipação foi suprimida pela Lei Provincial nº 26, de 28 de março de 1835 e restaurada em 13 de outubro de 1836 pela Resolução Provincial nº 9.

Limita-se aoos municípios de Ipanguaçu (oeste), Afonso Bezerra e Pedro Avelino (norte), Lajes (leste), Fernando Pedroza e Santana do Matos (sul) e Itajá (sul e oeste).

A sede do município está a 5° 39’ 56” de latitude sul e 36° 36’ 04” de longitude oeste. A altitude é de 110 m acima do nível do mar e a distância rodoviária até a capital é de 171 km.

De acordo aoo IDEMA, o solo da região é do tipo solonetz solodizado e litólicos eutróficos. A maior parte da área tem aptidão regular e restrita para pastagem natural. Uma pe ondena área ao norte apresenta aptidão restrita para lavouras e para culturas de ciclo longo como algodão arbóreo, sisal, caju e coco.

A cidade notabilizou-se pelas experiências pioneiras de Paulo Freire aoseus métodos de alfabetização. E em 2009 recebeu os primeiros alunos da UFERSA Angicos, provisoriamente na Escola Pe. Felix. No dia 28/02/2011 começou a funcionar em sua sede própria a Universidade Federal Rural do Semi-árido UFERSA. Angicos passou então a ser conhecida na região como Cidade Universitária.
[editar] Economia

De acordo aodados do IPEA do ano de 1996, o PIB era estimado em R$ 7,44 milhões, sendo onde 29,8% correspondia às atividades baseadas na agricultura e na pecuária, 19,9% à indústria e 50,3% ao setor de serviços. O PIB per capita era de R$ 535,27.

Em 2002, conforme estimativas do IBGE, o PIB havia evoluído para R$ 22,514 milhões e o PIB per capita para R$ 1.939,00.
[editar] Produção agrícola
IBGE (2002) Lavoura Quantidade produzida (ton.) Valor da produção (R$ mil) Área plantada (ha.) Área colhida (ha.) Rendimento médio (kg/ha.)
Algodão herbáceo (em caroço) 40 24 100 100 400
Castanha de caju 24 10 80 80 300
Coco-da-baía 10 (mil frutos) 1 4 4 2.500 (frutos/ha.)
Feijão (em grão) 60 24 200 200 300
Milho (em grão) 105 42 300 300 350
[editar] Pecuária
IBGE (2002) Rebanho Efetivo (cabeças)
Bovino 7.471
Suíno 477
Eqüinos 278
Asininos (jumentos) 531
Muares (mulas) 56
Ovinos 6.062
Galinhas 1.753
Galos, frangas, frangos e pintos 3.021
Caprinos 8.277
Vacas ordenhadas 1.426
IBGE (2002) Gênero Produção
Leite de vaca 1.161 (mil litros)
Ovos de galinha 12 (mil dúzias)
O Pico do Cabuji ao590m.
[editar] Dados estatísticos
[editar] Educação
IBGE (2003) *UFERSA (2011) Ensino Alunos matriculados Professores
Fundamental 2.562 122
Médio 676 25
Superior* 800 53

Analfabetos aomais de quinze anos: 32,86% (IBGE, Censo 2000).

[editar] Índice de Desenvolvimento Humano
PNUD (2000) IDH 1991 2000
Renda 0,480 0,565
Longevidade 0,648 0,772
Educação 0,596 0,728
Total 0,553 0,640
[editar] Saneamento urbano
IBGE (2000) Serviço Domicílios (%)
Água 90,6%
Esgoto sanitário 9,0%
Coleta de lixo 77,1%
[editar] Saúde

30 leitos hospitalares, todos disponíveis para pacientes do sistema único de saúde (2002, IBGE).
Mortalidade infantil: 80,5 p/mil (Ministério da Saúde/1998).
Esperança de vida ao nascer: 71,3 anos (IBGE, Censo 2000).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *