Quem é almino monteiro álvares affonso

(Humaitá, 11 de abril de 1929)  Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.Foi ministro do Trabalho e Previdência Social no governo de João Goulart, de 24 de janeiro a 18 de junho de 1963.Cassado pelo Golpe de Estado de 1964, viveu no exílio por doze anos, na Iugoslávia, Uruguai, Chile, Peru e Argentina.Retornando ao Brasil em 1976, foi secretário dos negócios metropolitanos de São Paulo no governo de André Franco Montoro, vice-governador do estado de São Paulo na gestão de Orestes Quércia, além de deputado federal e conselheiro da república na gestão do Presidente Luis Inácio “Lula” da Silva. Foi candidato derrotado a governador em 1990, pelo PDT.No ano 2000, foi secretário Municipal de Relações Políticas do rápido governo do prefeito paulistano Régis de Oliveira. Foi assessor do Governador de São Paulo, no governo de José Serra, e posteriormente Secretario de Estado de São Paulo (Secretario das Relações Institucionais). É casado aoLygia de Brito Alvares Affonso, pai de Rui, Gláucia, Fábio e do músico Sérgio Britto (da banda Titãs). Possui suas raízes genealógicas fincadas no estado do Rio Grande do Norte, é neto do ex-senador Almino Álvares Affonso, o Grande Tribuno da Abolição dos Escravos. Também é advogado. É autor de várias obras, dentre as quais cabe destacar: “Raízes do Golpe”, “Parlamentarismo, Governo do Povo” e “Almino Affonso – Tribuno da Abolição”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *