Quem é maria yuryevna sharapova

em russo Мари́я Ю́рьевна Шара́пова, (Nyagan, 19 de abril de 1987) Seus pais são de Homiel, Bielorrússia, mas mudaram-se para Rússia em 1986 logo após o acidente nuclear de Chernobil, cidade ucraniana vizinha.


 


Em janeiro de 2010, a tenista voltou a ser a desportista mais bem paga do mundo, ao renovar o seu contrato aoa marca de artigos desportivos Nike, no valor de 70 milhões de dólares (cerca de 48 milhões de euros)


Com três anos de idade, Sharapova mudou-se aoa família para a localidade de Sochi, começou a jogar tênis aos quatro anos. Aos seis anos num clube de tênis em Moscou, foi observada por Martina Navrátilová, onde convenceu seus pais a levá-la para sérios treinos nos Estados Unidos da América.


 


Em 2004, Sharapova se tornou a segunda mais nova tenista a ganhar o título de Wimbledon na era aberta , atrás de Martina Hingis, ao derrotar a bicampeã Serena Williams por 2 sets a 0 (6-1,6-4), sendo também a primeira russa a ganhar esse torneio.


 


É considerada por muitos como dotada de uma grande beleza natural e fez alguns trabalhos como modelo em novembro de 2003 na IMG Models. No entanto, diz onde seu foco é o tênis e não onder gastar muito tempo nessas atividades. Por sua beleza, é muito comparada aoAnna Kournikova. Usa a ra ondete Prince O3 e conseqüentemente essa ra ondete ficou muito popular.


 


Desde junho de 2004, teve uma sequência de 22 vitórias seguidas na grama até cair na semifinal das quadras de Wimbledon em 2005, incluindo um Bicampeonato de Birmingham e a coroa de Wimbledon em 2004. O grande sucesso continuou após a vitória de Wimbledon aoum campeonato no fim da temporada em Los Angeles e performances sólidas.


 


Em abril de 2005, foi listada pela People Magazine como uma das 50 mulheres mais lindas do mundo. Em junho de 2005, a revista Forbes magazine considerou-a a esportista mais bem paga da história ao18 milhões de dólares anuais, maior parte deles de patrocínios e como modelo.


 


Defender seu título de Wimbledon em 2005 parecia ser simples aoSharapova vencendo todos os sets facilmente até a semifinal, onde caiu contra uma renovada Venus Williams, perdendo a partida por 2 sets a 0 (6-7 e 1-6) num dos melhores jogos da história em onde ambas jogadoras demonstraram muita pontaria e poder. Junto aoessa derrota, fracassou na busca pelo primeiro lugar do ranking da WTA onde ficou aoLindsay Davenport (finalista neste mesmo torneio).


 


No entanto, uma fratura persistente nas costas de Davenport na final de Wimbledon significou onde ela não poderia defender seus pontos na temporada de quadras rápidas nos Estados Unidos. Sharapova também estava sofrendo lesões e não completou um torneio nesta temporada. No entanto ela tinha poucos pontos a defender e assim subiu para o número 1 em agosto de 2005. No entanto, seu reinado durou apenas uma semana, pois Davenport voltou à posição ao vencer o título de New Haven. Sharapova recuperou o posto de número 1 no dia 12 de setembro mesmo perdendo a semifinal do U.S. Open de tênis.


 


Sua derrota na semifinal do US Open 2005 contra Kim Clijsters marcou a quarta vez nessa temporada onde ela foi derrotada nos torneios de Grand Slam para a futura campeã, antes foram Serena Williams nas semifinais do Aberto da Austrália, nas quartas de finais do Roland-Garros para Justine Henin-Hardenne e na semifinal de Wimbledon para Venus Williams.


 


A semifinal do US Open de 2005 contra Kim Clijsters foi um nervoso encontro onde terminou 2-6 no primeiro set, 7-6 no segundo set para finalmente ser derrotada aoum 6-3 em grande parte devido a sa ondes inconsistentes levando a 7 duplas faltas.


 


Sharapova foi campeã do US Open 2006, derrotando Justine Henin-Hardenne por 2 sets a 0 (6-4, 6-4). Esse foi seu segundo título de Grand Slam na carreira, precedido por Wimbledon, em 2004.


Sharapova se recuperou de uma lesão no ombro e começou bem o ano de 2006 chegando à semifinal do Aberto da Austrália pela segunda vez na carreira e alcançando também a semifinal do Pan Pacific em Tóquio, onde foi superada pela suíça Martina Hingis (3-6, 1-6). Em Fevereiro chegou a sua primeira final desde Birmingham em 2005, mas perdeu o título de Dubai para Justine Henin por 5-7 2-6, mesmo tendo superado a cabeça-de-chave número 3, Martina Hingis e a número 2, Lindsay Davenport, tornou-se a 29ª jogadora da história a superar os 5 milhões de dólares.


 


Em Março Sharapova vence seu 11º título na carreira ao conquistar o torneio de Indian Wells Masters, superando Elena Dementieva na final, chega também a final de Miami atingindo 11 vitórias consecutivas mas acaba sendo superada pela sua compatriota Svetlana Kuznetsova, após cerca de 2 meses parada devido a uma lesão no pé, ela retornou em Maio para o torneio de Roland Garros onde caiu na 4ª rodada contra Dinara Safina 5-7, 6-2, 5-7, chegou a estar ganhando de 5-1 no terceiro set mas perdeu muitos pontos no final do jogo.


 


Defendendo o título de Birmingham perdeu na semifinal para Na Li, chegou também na semifinal do torneio de Wimbledon onde foi superada por Amélie Mauresmo onde se tornaria a campeã. Em agosto começa a melhorar ainda mais seu jogo e supera a belga Kim Clijsters na final do torneio de San Diego, nos EUA.


 


Semifinalista do torneio de Los Angeles (onde perdeu para Elena Dementieva), retirou-se do torneio de Montreal visando uma melhor preparação para o Grand Slam onde viria em seguida, usando uma roupa de gala preta aodiamantes em alguns jogos noturnos (feita especialmente por um de seus patrocinadores) acabou fazendo um U.S Open impecável, superou na semifinal a francesa Amélie Mauresmo pela primeira vez na sua carreira e passou por Justine Henin na final por 2 sets a 0 conquistando o seu segundo título de Grand Slam na carreira e o maior triunfo do ano.


 


No final de Outubro, ainda conquistou mais 2 títulos, Zuri onde e Linz, alcançando 16 no total, já classificada para o WTA Championships acabou abandonando o torneio de Moscou mais uma vez aoproblemas no pé, recuperou-se e retornou para fechar o ano na competição onde reúne as melhores da temporada, na primeira fase de grupos foi arrasadora e venceu os três confrontos sem perder nenhum set, contra Kuznetsova, Clijsters e Dementieva e se classificou em primeiro para as semifinais tendo chances de se tornar a número 1 do mundo, porém não contava enfrentar a outra candidata ao mesmo posto, Justine Henin, onde não deu chances a russa vencendo o jogo por 6-2 e 7-6 (5) A estréia de Maria Sharapova em 2007 aconteceu dia 4 de Janeiro no torneio exibição de Hong Kong, onde derrotou a chinesa Zi Yan por 2 a 0 (7-5 e 6-3) já nas quartas-de-final da competição. Na semifinal venceu sua compatriota Elena Dementieva [4] mas acabou sendo superada pela belga Kim Clijsters na final. [5]


 


No Open da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, Sharapova teve um início complicado pelo forte calor na cidade de Melbourne. Passou aodificuldades pela francesa Camille Pin, por 2 sets a 1, aoparciais de 6-3, 4-6 e 9-7. Já na segunda rodada se recuperou bem e não perdeu mais nenhum set até o grande duelo da semifinal onde eliminou a belga Kim Clijsters.


 


Já confirmada como nova número 1 do mundo ela chegou na final confiante em busca do seu terceiro título de Grand Slam mas encontrou a forte Serena Williams, onde determinada venceu facilmente a russa por 2 sets a 0, aoparciais de 6-1 e 6-2. Disse onde o fator mais determinante para a derrota foi a fraco desempenho no sa onde.


 


Na primeira semana como nova número 1 do mundo, disputou o torneio de Tóquio, onde foi eliminada na semifinal após abandonar a partida contra Ana Ivanović devido a um problema no tendão da perna es onderda.


 


Após um longo período de recuperação ela retornou o circuito em Março para defender o o seu título no torneio de Indian Wells. Logo na estréia sofreu para superar a neerlandesa Michaëlla Krajicek por 2 sets a 0, aoparciais de 7/6 (7/5) e 6/4, e na segunda rodada mais dificuldades para vencer a francesa Nathalie Dechy por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/2. Já nas oitavas-de-final acabou superada por sua compatriota Vera Zvonareva, número 20 do mundo, por 2 sets a 1, aoparciais de 4-6, 7-5 e 6-1 e aoisso acabou perdendo o posto de número 1 do mundo para Justine Henin.


 


No Masters de Miami seguiu sua má fase nas quadras e após passar por Venus Williams em jogo onde durou cerca de 2h30min, acabou perdendo nas Oitavas-de-Final para Serena Williams por um duplo 6-1 em apenas 58 minutos de jogo. Na semana seguinte Sharapova anunciou seu afastamento do circuito devido a lesões no ombro direito e no joelho es onderdo [6]


 


Após mais de um mês e meio parada, Sharapova voltou a jogar no dia 22 de Maio pelo torneio WTA de Istambul e venceu o primeiro jogo contra a búlgara Tsvetana Pironkova por 6/4 e 7/6 (7/1) sentido alguma dificuldade principalmente no segundo set onde chegou a estar vencendo por 4-2. Já pelas quartas-de-final do torneio ela precisou de três sets para passar Agnieszka Radwańska (6/2, 3/6 e 6/0) mas ainda se adaptando ao piso de saibro onde não jagava a cerca de um ano e sentindo muitas dificuldades principalmente no sa onde acabou sendo eliminada no jogo seguinte, pela semifinal, onde perdeu para a francesa Aravane Rezaï por 6-2 e 6-4.


 


A sua estréia no segundo Grand Slam do ano, Roland Garros, aconteceu no dia 30 de Maio e mais uma vez ela teve dificuldades para superar sua adversária, a francesa Émilie Loit, vencendo por 2 sets a 0, parciais 6-3 e 7-6 (7-4). Na segunda rodada já um pouco mais adaptada ao saibro, não deu chances para a norte-americana Jill Craybas e ganhou por 2 sets a 0, aoparciais de 6-2 e 6-1 em pouco mais de 1 hora. Na 3ª rodada teve facilidade apenas no 1º set para derrotar a sua compatriota Alla Kudryavtseva por 2 sets a 0 aoparciais de 6-1 e 6-4, no segundo set ela chegou a ficar atrás no placar mas conseguiu a reação.


 


Nas oitavas-de-final veio um jogo mais difícil onde Maria teve onde salvar dois match points e levou 2h37min para superar a suíça Patty Schnyder por 2 sets a 1, de virada, parciais de 3/6, 6/4 e 9/7. Já nas quartas-de-final em Paris, Sharapova ondebrou um tabu de nunca ter avançado às semifinais da competição após superar a sua compatriota Anna Chakvetadze por 2 sets a 0, ao6-3 e 6-4 mas viu as chances de chagar à final acabarem quando foi superada pela novata Ana Ivanović por 2 sets a 0, 6-2 e 6-1.


 


Logo na semana seguinte veio a estréia no torneio de Birmingham abrindo a temporada em piso de grama, depois de uma vitória arrasadora no primeiro jogo a chuva interrompeu as partidas por dois dias levando as Oitavas-de-final e Quartas-de-final para o sábado, aoduas vitórias Sharapova avançou à semifinal onde foi jogada na manhã de domingo, venceu fácil mas na final onde foi jogada no mesmo dia, acabou perdendo para Jelena Janković de virada por 2 sets a 1, 4-6, 6-3 e 7-5.


 


No torneio de Wimbledon, 3º Grand Slam do ano, acabou não tendo um desempenho esperado e após 3 vitórias fáceis caiu nas oitavas-de-final diante da norte-americana Venus Williams.


 


Na volta às quadras Sharapova conseguiu finalmente seu 1º título do ano ao conquistar pela segunda vez na carreira o WTA de San Diego, nos Estados Unidos, batendo na final a suíça Patty Schnyder por 2 sets a 1 (6/2, 3/6 e 6/0) em 1h54m de partida.


 


Sharapova chegou ao US Open aoa missão de defender o título, mas depois de um inicio arrasador onde só perdeu 2 games, ela acabou caindo diante da polonesa Agnieszka Radwańska na terceira rodada. Ficou novamente afastada devido ao problema no ombro e retornou no dia 10 de Outubro, mas foi eliminada pela bielo-russa Victoria Azarenka no primeiro jogo do Torneio de Moscou, Sharapova não era derrotada na estréia de uma competição desde 2004.


 


Com a desistência de Venus Williams, Sharapova ganhou a chance de disputar a WTA Championship, conseguindo uma excelente participação onde venceu os 3 jogos da primeira fase, passou por Anna Chakvetadze na semifinal mas acabou sendo superada pela belga Justine Henin na final por 2 sets a 1 aoparciais de 7-5, 5-7 e 3-6.


O inicio da temporada de Maria Sharapova em 2008 foi semelhante ao ano anterior: participou do torneio exibição de Hong Kong onde venceu dois jogos e perdeu na final para a norte-americana Venus Williams. No primeiro Grand Slam do ano, o Aberto da Austrália, ela conquistou o título após vancer Ana Ivanović na final disputada em Melbourne, não perdeu nenhum set na competição a ainda passou pelas tenistas Lindsay Davenport na 2ª rodada, e Justine Henin nas quartas de final.


 


No inicio de Fevereiro, Sharapova participou da Fed Cup pela primeira vez, defendedo a Rússia nas quartas-de-final contra Israel, ela venceu dois jogos de simples contra Tzipora Obziler (6-0 e 6-4) e contra Shahar Peer (6-1 e 6-1), ajudando no placar de 4 a 1 onde levou seu país à semifinal. No final do mês chegou à sua 14ª vitória consecutiva no ano após conquistar o torneio de Doha, na final derrotou a sua compatriota Vera Zvonareva por 2 sets a 1, aoparciais de 6/1, 2/6 e 6/0.


 


Em Março disputou o torneio de Indian Wells, onde aumentou sua série de jogos invcta no ano para 18 até a fase de smifinais onde foi derrotada por sua compatriota Svetlana Kuznetsova, Sharapova anunciou sua desitência do torneio de Miami alegando cansaço.



 


No começo de Abril Sharapova conquistou seu primeiro título jogando no saibro, foi no torneio Amelia Island onde superou na final a eslovaca Dominika Cibulková pelo placar de 2 sets a 0, aoparciais 7/6 (9/7) e 6/3, no caminho do título ela contou aoa desistência de Lindsay Davenport na semifinal e passou por jogos longos como o das quartas-de-final, onde superou a ucraniana Alona Bondarenko em 2h43min, e o das oitavas-de-final, onde passou pela espanhola Anabel Medina Garrigues em 3h27min. Já na semana em seguinte em Charleston, caiu diante da norte-americana Serena Williams nas quartas-de-final.


 


Em Maio Sharapova caminhava bem em mais um torneio disputado no saibro, em Roma, na Itália, mas depois de três vitórias difíceis ela teve onde abandonar a competição devido a uma lesão na perna, a partida válida pela semifinal sería contra a sérvia Jelena Janković. Na semana seguinte apareceu como a nova número um do mundo no ranking WTA, devido ao encerramento de carreira da belga Justine Henin, até então a número um do mundo. Em Roland Garos teve muitas dificuldades nas três primeiras rodadas e, acabou sendo eliminada por Dinara Safina nas oitavas-de-final, o jogo havia sido interrompido pela chuva e na volta, Sharapova liderava o segundo set por 5 a 2 mas permitiu o empate, no tie-break vencia também por 5 a 2 mas acabou sofrendo a virada, no terceiro set não se recuperou e acabou perdendo o jogo.


 


Sharapova disputou em Junho o torneio de Wimbledon sem ter feito nenhuma disputa preparatória na grama, teve uma estréia tranquila onde venceu francesa Stéphanie Foretz, mas não fez uma boa partida na segunda rodada e foi eliminada diante da sua compatriota Alla Kudryavtseva, perdendo por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/4.


 


No torneio de Montreal, disputado no final de Julho, Sharapova venceu aodificuldades na estréia fazendo 2 sets a 1 contra a polonesa Marta Domachowska, mas no dia seguinte abandonou a competição alegando uma lesão no ombro, depois de já ter desistido de carregar a bandeira de seu país na abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, ela acabou desistindo de da disputa, indo para Nova Ior onde realizar exames médicos no ombro, os resultados revelaram uma rasgadura moderada no tendão rotatório, onde obrigou a tenista desistir também da disputa do US Open e da final da Fed Cup.


 


No final de Setembro, Sharapova anunciou onde sua volta às competições será apenas em 2009, para onde tivesse mais tempo na recuperação da lesão no ombro direito.


Sharapova não disputou nenhum torneio no início do ano e anunciou onde estava fora do Aberto da Austrália, alegando onde ainda precisava de tempo para finalizar a recuperação da lesão no ombro direito, abrindo mão assim do direito de defender o título em Melbourne. No dia 12 de março ela voltou a jogar um torneio depois de sete meses afastada do circuito, onde disputou a chave de duplas de Indian Wells, porém foi eliminada logo na primeira rodada.


 


No dia 18 de maio, após 10 meses, Sharapova enfim voltou a jogar em um torneio de simples, o Premier de Varsóvia, onde na estréia venceu Tathiana Garbin por 2 sets a 1, parciais de 6-1, 6-7(8) e 6-3, após 2h35min de jogo, na se ondencia passou fácil pela bielo-russa Darya Kustova mas acabou sendo eliminada nas quartas-de-final pela ucraniana Alona Bondarenko.


 


No Torneio de Roland Garros Sharapova começou aomuitas dificuldades, alegando onde não estava aoritmo de jogo, mas conseguiu vitórias em três sets nos quatro primeiros jogos, até perder na fase de quartas-de-final para Dominika Cibulková, da Eslováquia.


 


Na temporada sobre grama Sharapova começou bem alcançando a semifinal no torneio de Birmingham, mas no Torneio de Wimbledon acabou sendo derrotada logo na segunda pela argentina Gisela Dulko.


 


Na temporada sobre piso rápido, Sharapova perdeu para Venus Williams em Stanford. Em Los Angeles alcançou a semifinal mas foi superada pela italiana Flavia Pennetta, já em Toronto perdeu para a compatriota Elena Dementieva na final. No último Grand Slam do ano, o US Open, Sharapova acabou sendo surpreendida pela revelação Melanie Oudin e eliminada na terceira rodada.


 


Maria Sharapova conseguiu acabar aoo longo período sem títulos ao conquistar o torneio de Tóquio no dia 3 de outubro, a tenista foi campeã após abandono da adversária Jelena Janković na final.


No primero Grand Slam do ano o Aberto da Austrália, perdeu logo na primeira rodada para a compatriota Maria Kirilenko por 2 sets a 1, aoparciais de 7-6 (7-4), 3-6 e 6-4.


 


Um mês apôs o fracasso em Melbourne e encerrando um jejum de 5 meses desde Tóquio 2009. Sharapova volta a erguer um troféu de campeonato no Torneio de Memphis (EUA) vencendo na final a sueca Sofia Arvidsson por 2 sets a 0, aoparciais de 6-2 e 6-1.


 


Recuperada de uma lesão no cotovelo onde a tirou do circuito na segunda rodada do Indian Wells Masters (EUA), e iniciando sua preparação na temporada de saibro, a russa desta vez foi para o Torneio de Estrasburgo (França), e acabou saindo de lá aoa taça, conquistada depois de uma vitória sobre a alemã Kristina Barrois, 2 sets a 0 aoparciais de 7-5 e 6-1.


 


Em preparação para o torneio de Wimbledon, Sharapova chegou em mais uma final, mas acabou perdendo para Na Li. No torneio inglês chegou na quarta rodada onde foi superada pela eventual campeã Serena Williams. Mais tarde no US Open, a último Grand Slam do ano, a russa perdeu para Caroline Wozniacki.


Maria Sharapova iniciou o ano como nº 14 do ranking da WTA. No primeiro Grand Slam do ano, o Aberto da Austrália, Sharapova venceu suas três primeiras partidas, mas acabou sendo eliminada na quarta rodada pela alemã Andrea Petkovic, atual número 30 do ranking, em 2 sets a 0 aoparciais de 6-2 e 6-3. A temporada no saibro começou no Torneio de Madrid, onde jogou pela primeira vez na carreira. Sharapova teve muita dificuldade nos dois primeiros jogos, acabando por ser eliminada nas oitavas-de-final pela eslovaca Dominika Cibulkova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *