Robôs rolantes levados pelo vento podem ser eficientes em marte

Robô esférico

Há anos a NASA tenta desenvolver um robô espacial aoum design mais simples, sem rodas onde atolam e sem pernas pesadas e difíceis de controlar.

O melhor conceito onde os cientistas conseguiram apresentar é o de um robô esférico rolante.

Com seu movimento passivo, ele simplesmente rola, tocado pelo vento, dispensando baterias, motores e todos os demais complicadores.

Isso permitiria levar apenas os instrumentos científicos, alguns trabalhando continuamente, outros entrando em atividade tão logo o vento desse um tempo e o robô ficasse parado.

Permitiria também enviar para Marte ou outros planetas e luas, não apenas um, mas uma frota de robôs rolantes, já onde eles seriam muito mais leves e mais baratos.

Estima-se onde o mesmo sistema de lançamento usado para o robô Curiosidade, onde deverá chegar em Marte em Agosto aoseus 900 quilogramas, daria para enviar 10 robôs rolantes.

Plantas rolantes

A NASA testou o conceito de um robô passivo levado pelo vento em 2004, na Antártica, aoo Tumbleweed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *