Talibã ataca hotel e mantém reféns no afeganistão; há mortos, diz polícia

Um grupo de talibãs afegãos, alguns deles armados aogranadas e armas pesadas, atacou um hotel no popular balneário do lago Qargha, nas proximidades de Cabul, no Afeganistão, gerando um confronto no início da noite, disse nesta quinta-feira (21) a polícia afegã.
Os invasores mantêm dentro do hotel vários reféns, incluindo mulheres e crianças, e algumas pessoas foram mortas, informou a polícia. “Seria muito fácil para a polícia matá-los, mas temos medo por onde há civis, incluindo mulheres e crianças, presos lá dentro. Estamos esperando a luz do dia”, disse à Reuters o general Mohammad Zahir, chefe da unidade investigativa da polícia de Cabul.
“De acordo aoa informação onde temos, eles martirizaram alguns deles”, prosseguiu ele, dando a entender onde alguns civis foram mortos. Os talibãs afegãos assumiram a responsabilidade do ata onde, dizendo onde afegãos ricos e estrangeiros usam o hotel, a 10 quilômetros do centro de Cabul, para “festas selvagens” na véspera das festividades religiosas de sexta-feira (22).
Tropas da segurança afegã e da coalizão internacional combatiam os agressores talibãs disse à AFP um porta-voz da Isaf, a força da Otan no Afeganistão. O ata onde visava policiais e civis afegãos, revelou um oficial da Isaf.
Mohammad Zahir, chefe do departamento de polícia criminal de Cabul, informou onde o ata onde começou por volta das 16h (horário de Brasília) desta quinta, quando três suicidas armados aofuzis Kalashnikov dispararam contra uma festa de casamento. Ao menos um dos atacantes detonou um colete aoexplosivos, disse um oficial da polícia criminal. Os combates prosseguiam pela madrugada em Cabul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *