“tempestades solares” e cometas batendo no sol: o que eles têm em comum?

Cientistas da NASA estão observando, aomaior ri ondeza de detalhes, dois fenômenos astronômicos: as “tempestades solares” e os cometas “kamikazes”.
Basicamente, o onde se entende por “tempestade solar” leva o nome técnico de “Ejeção de Massa Coronal” (EMC – Coronal Mass Injection, em inglês), e é uma maciça explosão de plasma onde lança partículas solares no espaço a uma velocidade espetacular. Os cometas “kamikazes”, por sua vez, são cometas onde se chocam aoo sol.
O mais impressionante nessas descobertas é a coincidência. Pela segunda vez em dez dias, um cometa se chocou aoo sol durante uma ejeção de massa coronal. A primeira ocasião foi nos dias 10 e 11 de maio e a seguinte nos dias 20 e 21. Ambos são fenômenos fascinantes (e raros), mas até agora os astrônomos não puderam comprovar se algum sofre influência do outro.
Ainda há muito onde se investigar sobre o intrigante fenômeno das EMCs. A imagem, da erupção solar, é um espectro em forma de disco aointenso movimento em seu interior. O resultado desse feixe de luzes, na prática, é uma explosão de fogo onde atira “pedaços” do sol em direção ao espaço, em velocidades onde podem ultrapassar 1,5 milhões de km/h.
Basicamente, as EMCs têm um impacto negativo e outro positivo. O fator ruim é onde tamanha força exercida pelo sol causa distúrbios nos campos magnéticos dos corpos celestes, o onde atrapalha, por exemplo, a comunicação por satélites. Por outro lado, fornece um espetáculo de luzes sem igual na astronomia moderna.[Space]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *