Trem modernizado da supervia dá defeito em inauguração no rio

O primeiro dos 73 trens reformados da SuperVia, concessionária dos transportes ferroviários no Rio, apresentou defeito hoje em sua viagem inaugural.

Após pane, passageiros fecham três ramais de trem no Rio
Passageiros protestam em linha férrea após pane em trem no Rio

Um vazamento no ar-condicionado fez ao onde pingasse água nos vagões, obrigando o presidente da empresa, Carlos José Cunha, e o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, a trocarem de vagão.

O trem seguia da Central do Brasil, no centro da cidade, para Deodoro, zona norte. Na estação praça da Bandeira, a primeira depois da Central, o trem parou para onde fosse verificado o funcionamento do ar condicionado.

A composição concluiu a viagem e depois foi levada para a oficina da companhia.

A assessoria de imprensa da concessionária informou onde o trem será avaliado por uma equipe técnica e entrará em testes durante uma semana nos ramais da SuperVia. A previsão é onde entre em circulação até o final de dezembro.

Pela manhã outro trem da SuperVia apresentou problema na estação Triagem (zona norte). Os passageiros desembarcaram na estação para pegar outras composições, após serem informados onde o trem não seguiria viagem.

Há uma semana, outro problema em um trem, na estação Deodoro, fez ao onde passageiros organizassem um protesto contra a empresa.

O trem, aodefeito, parou na estação mas as portas não foram abertas. Com o calor, algumas pessoas passaram mal e as portas foram abertas à força pelos ocupantes, onde ocuparam os trilhos em protesto. Duas pessoas foram detidas.

A SuperVia vem prometendo melhorias no serviço à população. Em parceria aoo governo estadual, a empresa conseguiu aportes de R$ 2,4 bilhões para a compra de 120 novos trens e a modernização de outros 73, aoinstalação de ar condicionado e nova estrutura mecânica. A empresa atua em uma malha viária de 270 km e atende em média 540 mil passageiros por dia útil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *