Tudo sobre lúpulo

 


 


Lúpulo é uma liana européia da espécie Humulus lupulus, da família Cannabaceae. O lúpulo é tradicionalmente usado, junto com o malte, a cevada e o levedo, na fabricação de cerveja. No calor do cozimento da mistura, o lúpulo libera suas resinas de sabor amargo, dando à cerveja sabor característico.


Além de um constituinte da cerveja, o lúpulo é cultivado como trepadeira ornamental em jardins em áreas subtropicais e temperadas. Também é usado em pequena escala na alimentação, produzindo o chamado “aspargo de lúpulo”








 





 Espécimens



sementes de Humulus japonicus

sementes de Humulus japonicus

Há três espécimens, uma delas com cinco variedades:



  • Humulus japonicus (syn. H. scandens). Asian Hop. Folhas com 5–7 lobos. Leste Asiático.
  • Humulus lupulus. Lúpulo comum. Folhas com 3–5 lobos. Europa, ocidente Ásia, América do Norte.

    • Humulus lupulus var. lupulus. Europa, Ásia Ocidental.
    • Humulus lupulus var. cordifolius. Ásia Oriental.
    • Humulus lupulus var. lupuloides (sin. H. americanus). Região Oeste da América do Norte.
    • Humulus lupulus var. neomexicanus. Região Leste da América do Norte.
    • Humulus lupulus var. pubescens. Região Central da América do Norte.

  • Humulus yunnanensis. Lúpulo de Yunnan. Folhas com 3–5 lobos. Sudeste da Ásia (endêmico em Yunnan, China).

Lúpulo para a produção de cerveja provem de cultivos específicos, propagados através da reprodução assexuada



 Histórico



Cultivo de lúpulo em Hallertau

Cultivo de lúpulo em Hallertau

O primeiro campo de cultivo de lúpulo data de 736, em Hallertau região do país atualmente conhecido como Alemanha (que ainda hoje é o mais importante centro de produção, responsável por cerca de 25% da produção mundial), apesar da primeira citação do uso do lúpulo na fabricação de cerveja ter sido feita somente em 1067 por Hildegard of Bingen. O lúpulo foi introduzido nas cervejas da Inglaterra no início do século XVI, e, no caso dos Estados Unidos, tendo o cultivo começado em 1629, no estado de Washington.


Atualmente, os principais centros de produção do Reino Unido encontram-se em Kent (que produz o lúpulo Kent Golding), Worcestershire, e Washington state no caso dos Estados Unidos. Outras importantes áreas de cultivo incluem Bélgica, Alemanha, República Tcheca, Xinjiang (China), Tasmânia (Austrália), a região de Lublin (Polônia) e Chuvashia (Rússia). Nova Zelândia é referência na produção de lúpulo orgânico.





 Produção


A produção mundial de lúpulo em 2005, de acordo com FAOSTAT foi a seguinte:



  1. Alemanha 29.000 toneladas
  2. EUA 26.180 toneladas
  3. China 20.000 toneladas
  4. República Checa 6.800 toneladas
  5. Polônia 3.355 toneladas
  6. Austrália 2.000 toneladas
  7. Coréia do Norte 2.000 toneladas
  8. UK 2.000 toneladas
  9. Eslovênia 1.500 toneladas
  10. França 1.400 toneladas

A produção mundial de 2005 foi de 102.216 toneladas.





 Ligações externas


Cerveja Artesanal – A Turma Cerveja Artesanal Todo tipo de lúpulo para cerveja caseira artesanal WE Consultoria – Fornecedor de lúpulo para grandes e pequenas cervejarias, inclusive homebrews. Cervesia: Artigo detalhando o uso do lúpulo no fabrico da cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *