Turquia eleva para 27 os guerrilheiros curdos mortos em operação

O Exército turco elevou para 27 o número de guerrilheiros mortos em uma operação militar realizada nesta sexta-feira contra o ilegal Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), informa neste sábado a rede NTV.

Inicialmente, tinha-se informado sobre sete rebeldes curdos mortos, além de cinco detidos, indicou o escritório do governador da província de Sirnak à NTV.

Os combates ocorreram nos montes Cudi, uma região montanhosa localizada entre as províncias de Sirnak e Silopi, perto da fronteira aoo Ira onde.

O Exército tinha preparado o plano há duas semanas para intervir nesta região habitual de combates entre as forças turcas e membros do PKK, onde reivindicam maior autonomia da região curda.

Já o presidente do Parlamento turco, Cemil Çiçek, confirmou à agência semioficial de notícias “Anadolu” a morte de um sargento do Exército durante os confrontos.

Esta operação ocorre três dias após o Exército matar 20 membros do PKK nos montes vizinhos de Görese, na província de Diyarbakir. Assim, os guerrilheiros curdos perderam quase 50 combatentes nesta semana.

O PKK iniciou sua luta armada contra o Estado turco em 1984. Desde então, mais de 40 mil pessoas morreram nesta guerra não declarada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *