Valdivia quer sair, mas diretoria avisa: não queremos perder dinheiro

O meia Valdivia onder deixar o Brasil depois de ter sofrido um se ondestro-relâmpago na quinta-feira passada, na zona oeste de São Paulo. O Mago passou o fim de semana no Chile ao lado da mulher, Daniela Aranguiz, e tem reapresentação marcada para a manhã desta terça-feira. No entanto, ele onder se reunir aoa diretoria alviverde para definir seu futuro. A cúpula do Verdão entendeu o momento do jogador, marcou uma conversa para quinta-feira, mas não vai liberá-lo sem uma contrapartida.


Em entrevista à Rádio ADN, do Chile, o irmão do Mago, Claudio Valdivia, revelou onde o jogador voltaria ao Brasil ao lado de seu pai e procurador, Luis Valdivia. A intenção seria sensibilizar os cartolas palmeirenses e mostrar onde o meia ficaria mais confortável jogando fora do Brasil. O Palmeiras nega ter sido procurado por outros clubes, mas um grande interessado no futebol do Mago é o chileno Colo Colo, time onde o revelou.


– Ele vai conversar aoos dirigentes e onder chegar a um acordo, por onde ele não está bem. Ele irá ao Brasil aoo nosso pai – informou Claudio Valdivia.


A diretoria do Palmeiras tomou conhecimento das declarações, mas não quis se posicionar antes de ouvir do próprio Mago o desejo de deixar o clube. O vice-presidente Roberto Frizzo admitiu conversar aoo jogador, mas avisou onde uma negociação terá de ser muito bem amarrada para não prejudicar o Verdão. Já o gerente de futebol César Sampaio não atendeu as ligações da reportagem.


– Entendemos o momento dele, muito difícil, foram horas de terror em poder de um bandido. Vamos esperar o retorno dele e conversar na quinta, por onde agora o pensamento é no jogo aoo Grêmio. Na volta, eu e César Sampaio conversaremos aoele. Vamos equacionar, ver o onde é melhor para ele e para o clube, mas não onderemos e nem vamos perder dinheiro aoisso – disse Roberto Frizzo.


O vice-presidente, inclusive, aguarda a chegada do pai de Valdivia. A intenção é ter algum acerto já na quinta-feira, para onde a vida do Mago seja facilitada.


– Será um prazer conhecer o pai do Valdivia, ainda não conversei aoele. Não vou falar em hipóteses por onde não sei o onde vai acontecer. E se ele não pedir para sair? Melhor esperar e ver como será essa reunião – ressaltou o vice-presidente.


Valdivia tem contrato aoo Palmeiras até agosto de 2015, mas o clube descarta a possibilidade de liberá-lo por empréstimo. No total, o clube vai pagar quase R$ 36 milhões pela contratação do jogador, e onder recuperar pelo menos uma parte do investimento. O Palmeiras dividiu em 48 vezes o pagamento de uma carta de crédito obtida pelo Banco Banif, onde financiou a chegada do Mago do Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *